Educação, Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso congratula-se por distinção de projeto escolar

Biodiversity of Rivers 1A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso congratula-se pelo facto de o Projeto Comenius/Etwinning “Biodiversity of Rivers” do Agrupamento de Escolas da Póvoa de Lanhoso ter sido contemplado com o Selo de Qualidade Nacional 2015.

A Direção-Geral da Educação e o eTwinning, através do Serviço Nacional de Apoio, já anunciaram a lista dos projetos reconhecidos com Selo Nacional de Qualidade 2015. Os Selos de Qualidade eTwinning são concedidos a professores com excelentes projetos eTwinning. Significa que o projeto atingiu um determinado padrão a nível nacional e europeu. Por esse motivo, existem dois Selos: o Selo Nacional de Qualidade e o Selo Europeu de Qualidade.

“A Câmara Municipal orgulha-se dos seus Agrupamentos de Escolas pelo trabalho que estes realizam diariamente com as crianças e jovens do concelho. Não é a primeira vez que às  escolas do nosso concelho é  reconhecido o mérito, nas  mais diversas áreas. A Escola Secundária da  Póvoa de Lanhoso, sede do Agrupamento de Escolas com a mesma designação, ainda há pouco tempo foi distinguida pelas estruturas do Ministério da Educação e Ciência, no âmbito da solidariedade e obteve destaque na comunicação social no que aos resultados dos exames de 12º ano diz respeito”, refere a Vereadora da Educação, Gabriela Fonseca. “Sou pois, uma Vereadora da Educação feliz, porquanto é fácil estabelecer um trabalho colaborativo com os Agrupamentos e orgulhosa pelos resultados por eles alcançados. Neste caso em concreto, felicito todos os docentes na pessoa da Anabela Dalot”, acrescenta a mesma responsável, assegurando ainda que “a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso está sempre disponível para trabalhar em conjunto com os Agrupamentos de Escolas no âmbito das suas competências, mas, porventura, até indo mais além, de modo a que as crianças e jovens tenham todas as condições para alcançarem o sucesso educativo que todos desejamos”.

 

Biodiversity of Rivers / Biodiversidade dos Rios 

Anabela Azevedo Dalot, da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso viu, por isso, o seu trabalho ao nível deste projeto distinguido. “Quero uma vez mais agradecer a preciosa ajuda de todos vocês durante o desenrolar deste projeto. Foram dois anos de muito trabalho extra, mas, sem dúvida, compensadores”, salienta esta responsável, numa mensagem dirigida à equipa de professores que trabalhou com ela, à Direção do Agrupamento de Escolas bem à entidade que a apoiou, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, na pessoa da Vereadora da Educação, Gabriela Fonseca. “Permitam-me salientar a ajuda fundamental do José Braga e da Cristina Santos na elaboração e manutenção dos conteúdos do Twinspace e da página Google+, que possibilitaram a visibilidade do nosso trabalho”, refere ainda a docente, acrescentando um agradecimento “aos alunos e encarregados de educação e a todas as entidades que acompanharam o trabalho deste projeto”. Esta responsável conclui: “Partilho com muito carinho o prémio com todos vocês e faço votos de que possamos continuar a trabalhar juntos por muito mais tempo”.

Comparar a flora e a fauna dos rios dos países que o integraram (Portugal, Chipre, Polónia, Roménia, Espanha, Turquia, França/Ilha de Reunião) e promover a importância dos rios para a biodiversidade do nosso planeta foram os principais objetivos deste projeto, que ofereceu oportunidades educacionais únicas aos alunos: a colaboração com cientistas e a pesquisa no âmbito das três áreas (química, biológica e geográfica) que observam e avaliam o impacto do homem nos sistemas fluviais; a perceção de que as suas ações podem ter impacto na comunidade; o despertar do interesse por outras línguas e culturas europeias e para  a importância de se comunicar com outros povos, a fim de se estabelecer uma verdadeira cidadania europeia; o desenvolver de competências, usando a web 2.0 e a plataforma eTwinning.

Os resultados são apresentados num site especial (http://www.comenius-rivers.eu/) num canal Google+ (https://goo.gl/n8ckmA) e foi feita a divulgação na imprensa escolar, local e regional.

Os alunos envolvidos pertenciam a turmas do ensino regular e profissional. Os alunos do curso Científico Humanístico trabalharam na disciplina de Geografia A e os do curso de Ciências e Tecnologias, na disciplina de Biologia e Geologia. Os alunos dos cursos profissionais (Turismo; Multimédia e Técnico de Saúde) também desenvolveram trabalhos no âmbito específico das suas áreas de estudo. Em todos os cursos foram trabalhados conteúdos também nas disciplinas de Inglês e Educação Física.

No que concerne à metodologia de trabalho, foi baseado na interdisciplinaridade e trabalho de equipa. O trabalho foi realizado em contexto de sala de aula e em trabalho de campo. Com o intuito de se trabalharem aspetos de carácter científico relacionados com a recolha, observação e identificação de macroinvertebrados para a determinação da qualidade da água, houve a colaboração de Técnicos da Ordem dos Biólogos (associação de caráter nacional) através do projeto AquaProject/ProjetoAqua e que auxiliou/coadjuvou nas questões relativas ao trabalho de campo e laboratorial, ou seja, à componente mais científica do trabalho. No âmbito da identificação de espécies autóctones e invasoras, houve a colaboração das técnicas do Gabinete Florestal Municipal e do Centro Ambiental da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e outras.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *