Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Projeto Social Angels esteve na Greenfest – Póvoa de Lanhoso

Grupo de jovens do Social Angels 1O projeto Social Angels esteve representado na Greenfest – Feira de ONG´s, que se realizou no Centro de Congressos do Estoril, entre os dias 8 a 11 de outubro, dando a conhecer a sua experiência no âmbito do apoio ao empreendedorismo jovem e cidadania ativa.

A Greenfest é um dos maiores eventos de sustentabilidade de Portugal e este ano teve como fio condutor a temática da cidadania ativa.

No âmbito de um conjunto de atividades de animação do espaço do projeto no referido evento, é de destacar a apresentação pelos jovens do Ensino Profissional da Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso, que integram o Club de Teatro Social Angels, da peça de teatro “(B)Urro”, encenada pela diretora artística do Theatro Club da Póvoa de Lanhoso Maíra Ribeiro. O teatro é utilizado neste projeto como instrumento de construção de uma cidadania ativa para a empregabilidade e enquanto porta-voz das preocupações e anseios dos jovens face ao presente e ao seu futuro profissional. O Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Armando Fernandes, também assistiu à apresentação.

Os jovens tiveram ainda a oportunidade de visitar o Museu da Fundação Calouste Gulbenkian bem como o LXFactory, um espaço industrial da cidade de Lisboa, que, durante anos, permaneceu escondido e que agora foi ocupado por empresas e profissionais através de uma ilha criativa. A comitiva do Social Angels realizou uma visita guiada ao espaço de coworking.

O Projeto Social Angels é promovido pela Sol do Ave em parceria como o Município da Póvoa de Lanhoso e enquadra-se no Programa de Cidadania Ativa da Fundação Calouste Gulbenkian, entidade gestora do mecanismo financeiro do espaço económico europeu (EEGrants). Este mecanismo é apoiado por países como a Islândia, a Noruega e o Liechtenstein.

Centra-se no domínio de atuação D – Apoio à empregabilidade e inclusão de jovens do referido programa, visando a criação de uma comunidade empreendedora com a participação de um conjunto de atores – entidades públicas e privadas, empresas, líderes informais – e os jovens para a construção de projetos inovadores que potenciem a empregabilidade jovem.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *