Cultura, S. João da Madeira

Circuitos de Repetição na fábrica de lápis Viarco e na Oliva Creative Factory em S. João da Madeira

659a8047d94f01660ad34c7e5b006389_Captura-de-ecrã-2015-10-1-às-17.54.26-695Circuitos de Repetição é o resultado da residência artística do Colectivo Tempos de Vista que saiu, pela primeira vez, do seu contexto para habitar duas fábricas, inseridas num complexo industrial que moldou gerações. É assim que surge a exposição que é inaugurada neste sábado, 10 de outubro, pelas 17h15, na fábrica de lápis Viarco e, seguidamente, na Oliva Creative Factory, no âmbito das comemorações do 89.º aniversário da Emancipação Concelhia de S. João da Madeira.

Numa procura constante de lugares com interesse histórico e fora do circuito museológico tradicional, o Colectivo Tempos de Vista tem estabelecido contactos, promovido encontros e realizado partilhas através da dinamização cultural de lugares adormecidos.

Nesta 4ª edição focada na Viarco, Fábrica de Lápis, e na Oliva Creative Factory, a pesquisa partiu de quatro conceitos basilares: a História, o Lugar, a Matéria e o Processo. Circuitos de Repetição, a intervenção site-specific e matter-specific apresentará várias perspetivas destes lugares.

Assim, por um lado, esta iniciativa apresenta o circuito como viagem, ciclo, passagem e itinerância estabelecido, nomeadamente, no trânsito das artistas entre Lisboa e S. João da Madeira, na circulação entre as duas fábricas tanto no processo de produção artística como no percurso da própria exposição bipartida.

Por outro lado, esta exposição/residência artística prende-se também com o circuito das matérias no próprio labor dentro das fábricas, na repetição dos processos e métodos, dos gestos dos funcionários, nas séries de objetos que corriam as linhas de montagem e chegavam por ordem às prateleiras após a distribuição.

A exposição estará patente na Oliva Creative Factory até 28 de Novembro e na Viarco até 11 de Dezembro., sendo que as visitas a esta fábrica de lápis deverão ser efetuadas mediante marcação, através do Turismo Industrial (telefone 256200204).

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *