Cultura, Mangualde

“Evina Limpa Chaminés e Outras Histórias de Amor” sobe ao palco em Mangualde

love in rowing boatO espetáculo “Evina Limpa Chaminés e Outras Histórias de Amor” vai subir ao palco em Mangualde no próximo dia 1 de outubro. Integrado nas comemorações do Dia Internacional do Idoso, este espetáculo pode ser visto na Biblioteca Municipal de Mangualde, a partir das 14h00, e destina-se aos seniores mangualdenses.

Trata-se de espetáculo de contador de histórias para adultos com uma forte componente de música ao vivo criado e interpretado por dois artistas profissionais Graeme Pulleyn (actor) e Carlos Clara Gomes (músico). São três histórias num momento de muita descontração. As histórias são interpretadas de uma forma teatral e dinâmica com apontamentos musicais e intercaladas com canções de amor de Portugal e do mundo, num espetáculo que no seu conjunto abrange a comédia, a tragédia, a poesia e a fantasia.

“Evina Limpa Chaminês” conta a história de uma jovem camponesa que tem uma voz encantada e que abandona a sua terra natal e o amor da sua vida para cantar nas grandes casas de opera do mundo, esquecendo-se de tudo que eram as suas raízes. Mas quando os anos começam a pesar e a voz começa a falhar, Evina acaba por voltar para a pequena casa a beira do lago onde nasceu e cresceu e descobre que Vermund, o amor da sua juventude ainda espera por ela.

“Os Dois Viuvos” é a divertida história do viuvo Slaerka e da viuva Laada, que tem têm um ódio tão grande um ao outro que não se conseguem ver, quanto mais falar. Vivem, ele na colina de cá, ela na colina de lá e não há dia que passe sem se zangarem um com o outro. Até que um dia a filha de Slaerka, se apaixona pelo filho da Laada e contra todas as expectativas os dois velhos começam a preparar as bodas com o maior entusiasmo. Só depois do desastroso casamento é que tudo se torna mais claro e termina a narrativa com um duplo final feliz.

“A Ilha dos Corvos” é um conto de amor, cheio de fantasia, de poesia  e de mistério. Uma jovem de uma beleza extraordinária vivia sozinha com a sua velha mãe numa terra de pescadores de bacalhau à beira mar. A frente da pequena aldeia havia um ilhéu chamado a Ilha dos Corvos, onde ninguém conseguia chegar devido as fortes correntes e o turbilhão do mar. Muitos jovens pescadores quiseram casar com ela, mas a todos ela dizia: “Caso contigo se me trouxeres o anel que está enterrado no topo da Ilha dos Corvos”. Muitos desistiram, outros ainda tentaram, mas falharam, até que um dia chegou à aquela terra um jovem vindo do sul.

 

TARDE DE CONVÍVIO PARA ASSINALAR DIA INTERNACIONAL DO IDOSO

Mangualde celebra mais uma vez o Dia Internacional do Idoso com a realização de uma tarde de convívio e animação na Biblioteca Municipal de Mangualde Dr. Alexandre Alves. A iniciativa arranca pelas 14h00. Dirigida a todos os seniores do concelho, esta iniciativa decorre da implementação do Plano de Ação da Rede Social de Mangualde no âmbito do Eixo de Intervenção “Capacitar para o Envelhecimento Ativo” e consiste numa tarde de animação e ateliers diversificados, onde os seniores mangualdenses se poderão divertir e passar um dia diferente. A entrada é livre mas a inscrição obrigatória até 25 de setembro para [email protected] ou 232 619 880.

 

O Dia Internacional do Idoso foi instituído a 1 de Outubro de 1998 pela Organização das Nações Unidas (ONU). A proclamação deste dia tinha como objetivo lançar atenções para o reconhecimento do envelhecimento demográfico da humanidade, a fim de criar compromissos para o amadurecimento de atitudes e potencialidades em empreendimentos sociais, económicos, cultural e espirituais, criando condições para a paz e o desenvolvimento no próximo século.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *