Castro Marim, Cultura

Sal de Castro Marim no Bairro das Artes em Lisboa

Sal CMOs designers João Abreu Valente e Vilma André juntam-se para uma nova interpretação do Sal de Castro Marim no Bairro das Artes – a rentrée cultural da 7ª Colina de Lisboa, cuja inauguração acontece no próximo dia 17 de setembro. A iniciativa conta com o apoio e a colaboração da Câmara Municipal de Castro Marim e do produtor Salmarim.

O Sal de Castro Marim, representado no projeto NaCI, estará em exposição no Arquivo 237 (Rua da Rosa, 237 | 1200 Lisboa), um espaço cultural que apresenta uma programação anual de design contemporâneo, arquitetura e novos media. São 30 os espaços associados ao Bairro das Artes este ano.

João Valente e Vilma André exploram o sal como uma potencial matéria-prima para a pesquisa de novos processos e soluções do design contemporâneo e apresentam este trabalho em cinco etapas: 1. documentação e infografia (história e informação sobre o sal, lugar e atividade); 2. Laboratório (experimentação e investigação livre – sal e outros materiais); 3. Utopia (experimentar o sal em contextos utópicos, por exemplo sapatos de sal); 4. Concretização (potenciais produtos e utilizações); 5. degustação.

O objetivo desta exposição, para além de uma nova abordagem às potencialidades do sal como recurso natural, nacional e renovável, tem como também o objetivo mostrar a importância e valor da pesquisa, exploração livre e criatividade como base de evolução e crescimento, numa tentativa de abertura a novos exercícios de design, à semelhança do que já se desenvolve em outros países do mundo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *