Cultura, Seia

Câmara de Seia dá a conhecer o património cultural da Teixeira

teixeiracimaO Município de Seia promove, no dia 19 de setembro, em colaboração com a Junta de Freguesia da Teixeira e a Associação Amigos da Teixeira, a sexta edição do PasSeia, um convite para conhecer o Património desta Freguesia evidenciando, simultaneamente, a troca de saberes, experiências e tradições.

O passeio tem início às 09:15h, horário de partida do Arquivo, contempla almoço e prolonga-se até às 16:30h. Durante a manhã estão programadas visitas à Igreja Matriz, ao Lagar de Varas e à Ponte, que apesar de ser contemporânea foi construída de acordo com as normas de arquitetura medievais. Às 12:30h, os participantes são convidados a degustar alguns dos produtos locais, num almoço onde não faltará animação, proporcionada pelo Grupo de Concertinas da Teixeira. A tarde está reservada às visitas ao Parque Eólico e ao conjunto de Gravuras Rupestres, uma oportunidade também para desfrutar de magníficas paisagens que caracterizam esta região do concelho.

À semelhança das edições anteriores, as visitas serão enriquecidas com o conhecimento e experiência de pessoas da comunidade local e, neste caso, realizar-se-ão em colaboração com Carlos Marques e António Pereira Reis.

A freguesia da Teixeira é a freguesia mais a sul de Seia, distando aproximadamente 37 km da sede de concelho. Até meados do séc. XIX (1855), pertenceu ao concelho de Loriga, até que em 1988 passou a ser administrada pela Junta de Freguesia de Vide e, finalmente, em 1946 tornou-se freguesia independente pelo D.L. n.º 35:680 de 01 de Junho (I série, n.º 120:455).

A participação nesta atividade tem um custo associado de 10€, para adultos, e 5€ para crianças até 14 anos, valor que inclui almoço e transporte de autocarro (de e para Seia). Os interessados em realizar o PasSeia poderão inscrever-se no Arquivo Municipal (arquivomunicipal@cm-seia.pt / tel. 238 081 392).

O projeto “PasSeia” contempla a realização de passeios guiados nas freguesias do concelho, sendo uma excelente oportunidade para conhecer alguns dos principais locais de interesse cultural das mesmas, uma experiência enriquecida pelo conhecimento e saber de quem lá vive.

Na génese destas visitas culturais estão a valorização e divulgação do património cultural do concelho e a promoção, intercâmbio e convívio entre freguesias.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *