Desporto, Oliveira de Azeméis

Cicloturismo invade Oliveira de Azeméis

9EtapaVolta2015Com Gustavo Veloso (W52-Quinta da Lixa) com a Camisola Amarela e todas as estrelas da 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros em repouso, após sete dias de prova, foram os cicloturistas que tomaram conta, esta quarta-feira, de Oliveira de Azeméis, cidade do Dia de Descanso da Volta. Mais de 650 participaram na 9ª Etapa da Volta RTP Vitalis dividindo-se entre os percursos de 100 e 73 quilómetros que a organização traçou para esta jornada de confraternização que, desde 2007, assinala os dias de repouso.

Muito mais do que competição, apesar de existir andamento livre nos últimos quilómetros da Etapa da Volta, esta iniciativa é marcada pela boa disposição dos participantes que têm oportunidade de viver por dentro uma etapa da Volta, apoiados pelas estruturas de partida e chegada, tal qual como se fossem os profissionais.

Eram 10 horas quando Hermínio Loureiro, autarca de Oliveira de Azeméis, deu a partida na Avenida D. Maria I, local que na véspera serviu de reta da meta onde milhares de pessoas assistiram à chegada da 6ª etapa. Antes, já pais e filhos tinham percorrido a Mini Etapa da Volta apadrinhados por antigos vencedores da Volta como Joaquim Andrade ou Belmiro Silva acompanhados das velhas máquinas que os tornaram glórias do ciclismo português.

Em Nogueira do Cravo, freguesia de Oliveira de Azeméis, com o apoio da Escola de Ciclismo Bruno Neves, os 650 participantes da Etapa da Volta tiveram uma zona de abastecimento para recuperar algumas forças e ganhar alento para os últimos quilómetros.

No regresso a Oliveira de Azeméis, 3 horas e 26 minutos depois, Rui Oliveira (Liberty Seguros-Carglass), corredor da casa com resultados assinaláveis no ciclismo de pista foi declarado vencedor do percurso mais longo. Entre as mulheres a vencedora foi Celina Carpinteiro, atual Campeã Nacional de BTT com a marca de 3 horas e 24 minutos. Na versão dos 73 quilómetros, os vencedores foram José Borges com tempo de 2 horas e 58 minutos e Cristiana Oliveira com 3 horas 08 minutos. 

 

Momento do Dia 

“Eu também sou campeão” 

A bicicleta está a tomar conta da sociedade! O ciclismo é hoje uma modalidade mais abrangente em escalões etários e estratos sociais. São muitos os que querem sentir o calor do asfalto, as dores nas pernas causadas pela entrega em cima de uma bicicleta e a superação é a palavra de ordem.

É possível demonstrar esta “moda” em números. O programa “Ciclismo para Todos” da Federação Portuguesa de Ciclismo registou um aumento de 46% de inscritos no último ano. Segundo a União Ciclista Internacional (UCI), foi um dos maiores crescimentos registados nas federações europeias da modalidade.

O ciclismo está vivo! Seja nas cidades com a criação de ciclovias ou fora do meio urbano com um manancial de provas organizadas por diversas organizações, onde o cicloturismo, entre outras, ganha notoriedade. Na Volta a Portugal, evento destinado a profissionais, há sempre espaço para os amadores. É isso que acontece há nove anos, no dia de descanso. A Volta é para todos!

Depois da Etapa vem aí o Passeio da Volta

No dia em que se assistir ao desfecho da 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros, domingo 9 de agosto, os amantes das duas rodas são convidados a participar no “Passeio da Volta”. Esta iniciativa é um evento sem carácter competitivo, aberto a todos os praticantes com mais de 14 anos. Pouco depois da partida da derradeira etapa, no Parque Urbano de Vila Franca de Xira, os cicloturistas iniciam um percurso de 34 Km, rumo à Avenida da Liberdade, em Lisboa, onde estarão montadas as estruturas para o Grande Final da Volta 2015. Os participantes no Passeio da Volta terão oportunidade de viver o ambiente da grande festa que será a etapa de consagração da edição 77 da Volta.

 

Todas as informações sobre esta iniciativa estão em: www.volta-portugal.com.

7ª Etapa – 6 agosto

Condeixa-a-Nova – Seia (Torre) | 171,3 Km

Hora da Partida – 12h05

Recuperado o fôlego após a jornada de descanso, Condeixa-a-Nova – município em estreia absoluta na Volta a Portugal – entra pela “porta grande” ao protagonizar a partida da etapa rainha de 2015. Na quinta-feira, 6 de agosto, a dificílima subida da Serra da Estrela em direção à Torre apresenta-se, mais uma vez, como a derradeira oportunidade para os trepadores. Entre Condeixa-a-Nova e o topo do continente português, no concelho de Seia, serão percorridos 171,3 km, recuperando a mítica escalada pela vertente, Covilhã – Penhas da Saúde – Seia (Torre).  

A 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros tem como municípios intervenientes nas Partidas e Chegadas de Etapas: Viseu, Pinhel, Bragança, Macedo de Cavaleiros, Montalegre, Boticas, Fafe, Alvarenga, Mondim de Basto, Braga, Viana do Castelo, Ovar, Oliveira de Azeméis, Condeixa-a-Nova, Seia, Guarda, Castelo Branco, Leiria, Vila Franca de Xira e Lisboa. Na passagem da Volta a Portugal Liberty Seguros por outras localidades, existem municipios envolvidos com a organização, como é o caso de Figueira de Castelo Rodigo, Mirandela, Valpaços, Covilhã, Sabugal, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Alenquer.

São patrocinadores oficiais a Liberty Seguros, Banco BIC, RTP, Fundação do Desporto, A Bola, Antena 1, Cison, JCDecaux, Revista Ciclismo a Fundo, Edp, KIA, NOBRE, Delta Cafés, Conselheiros da Visão, Raposeira, Festina, Vitalis, Arko, Paulo Duarte Transportes, Fundação INATEL, CARMIM, AVIS, GLASSDRIVE, Atum General, Estanhos D. António, KTM Bikes, Ach Brito, Shimano, Cachaça 51, Cartosis, GRUPO VENDAP, Ameno, Evoc, BDR, Hippos, PACTO, DietSport, Carpintaria Cristóvão Maciel, Humadecoração, Pastelaria Chafariz, Capri-Sonne, Pestana, Turismo Centro Portugal, Reguengos de Monsaraz-Cidade Europeia do Vinho 2015, Associação Salvador, Nova School of Business & Economics, WCM, Classificações.net, Infraestruturas de Portugal e Instituto Geográfico do Exército.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *