Desporto, Seia

CISE promove percursos pedestres na serra da Estrela – Seia

O Centro de Interpretação da Serra da Estrela – CISE vai realizar, durante o mês de agosto, um conjunto de percursos dirigido a todos os amantes do pedestrianismo, utilizando os Caminhos de Montanha da rede de percursos pedestres das Aldeias de montanha.

O primeiro percurso decorre no dia 12 de agosto e tem lugar na Rota da Caniça, na aldeia de Lapa dos Dinheiros. A rota está classificada com um grau de dificuldade médio e desenvolve-se no vale da ribeira da Caniça, numa paisagem montanhosa dominada por bosques, campos agrícolas e matos. O itinerário, com cerca de 7km, tem início na aldeia da Lapa dos Dinheiros e segue em direção à Caniça, atravessando um bosque de castanheiros centenários. Na ribeira destacam-se as quedas da Caniça e o Sumo, onde a água corre subterraneamente.

A Rota do Pastoreio é a proposta para o dia 19 de agosto, percurso que se desenvolve na vertente sul do maciço superior da serra da Estrela, proporcionando panorâmicas amplas. Este itinerário tem início no ponto mais alto de Portugal Continental – Torre, a 1993 m, e termina a 682 m na aldeia de Alvoco da Serra, num total de 6726 m. De grau difícil, este Caminho de Montanha era percorrido, no passado, por pastores e rebanhos transumantes que, no verão, se deslocavam às pastagens do alto da montanha.

No dia 26 de agosto, o CISE leva-nos até à Rota do Vale do Rossim, um percurso ao longo do vale da ribeira da Fervença, estabelecendo a ligação entre o Vale do Rossim, importante local de recreio da serra, e a aldeia do Sabugueiro. O trajeto, com 8370 m, segue por antigos caminhos da transumância, atravessando uma vasta área onde predominam matos de giestas e sargaços, afloramentos graníticos e pastagens de altitude.

A participação na atividade está limitada a 14 participantes, realizando-se com um mínimo de 6, e tem um custo associado de 5€, valor que inclui seguro e transporte, a partir do CISE, com partida às 9h e regresso às 16h. os interessados em participar podem fazer a inscrição on-line (www.cise.pt), ou contactando diretamente o CISE pelo telefone 238 320 300 ou correio eletrónico cise@cise.pt.

A rede de percursos pedestres das Aldeias de Montanha, denominada por Caminhos de Montanha, tem cerca de 100 km e contempla um total de 14 percursos pedestres: Rota da Ribeira do Piódão – Vide (ainda em fase de sinalização); Rota da Ribeira de Loriga (Loriga, Vide e Cabeça); Rota dos Socalcos (Cabeça); Rota da Eira e Rota da Garganta de Loriga (Loriga); Rota da Missa (Teixeira); Rota das Canadas (Alvoco da Serra); Rota do Volfrâmio (Sazes da Beira); Rota das Minas do Círio (Valezim); Rota da Caniça (Lapa dos Dinheiros); Rota do Vale do Rossim (Sabugueiro / Vale do Rossim); Rota da Fervença (Sabugueiro); Rota da Ribeira de Alvoco (Alvoco da Serra – Vide); e Rota do Pastoreio (Alvoco da Serra – Torre).

À exceção da Rota da Ribeira do Piódão, todos os Caminhos de Montanha estão sinalizados, sendo possível a sua realização autónoma em ambos os sentidos. Os percursos, identificados juntamente com as comunidades e juntas de freguesia por onde passam, foram sinalizados pelo Município de Seia, através do CISE. Estes procuram dar a conhecer a riqueza natural e cultural das paisagens e das comunidades das aldeias, sendo uma das infraestruturas turísticas que este território tem para oferecer, naquela que é a estratégia de comunicação das Aldeias de Montanha, marca sob a gestão da Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha.

O CISE é uma estrutura do Município de Seia vocacionada para a promoção do conhecimento e divulgação do património ambiental da serra da Estrela, que apresenta como objetivos  principais: promover atividades  no âmbito da interpretação da natureza, apoiar a investigação científica, desenvolver projetos  de educação ambiental e fomentar o turismo de natureza

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *