Gondomar, Sociedade, Turismo

“Há Festa na Aldeia confirma aposta no Douro”

Domingo026A aposta na requalificação das margens do rio Douro imposta pela Câmara Municipal de Gondomar passa também por apoiar projectos como o Há Festa na Aldeia, hoje já “um dos atractivos concelhios”, afirmou o vereador do Turismo e do Património da autarquia, Carlos Brás.

“Estamos sempre disponíveis a colaborar com estas iniciativas que reforçam igualmente a nossa coesão territorial, envolvendo pessoas e instituições locais em torno de um objectivo comum”, disse, desafiando a população de Areja a constituir uma entidade local para que, já no próximo ano, surja como “um parceiro determinante” na organização do evento, dinamizado pela Associação de Desenvolvimento Rural Integrado das Terras de Santa Maria (ADRITEM).

“O envolvimento das pessoas tem sido notório, como se viu – mais uma vez – ao longo do fim-de-semana. Esta mobilização será decisiva para que o HFA 2016 seja ainda melhor”, salientou o autarca.

Carlos Brás reafirmou a importância da promoção de projectos relacionados com o Douro e que fortaleçam a marca “Gondomar é D’Ouro”, elogiando a contribuição da ADRITEM nesse desiderato municipal.

“Temos 37,5 quilómetros de margem de rio que não podemos, nem devemos, ignorar. O HFA em Areja confirma a aposta muito forte em tudo o que se relaciona com o Douro por parte do executivo autárquico de Gondomar”, acrescentou Carlos Brás.

O Há Festa na Aldeia em Areja – uma iniciativa promovida pela ADRITEM – contou com a parceria do município de Gondomar e o apoio da Junta de Freguesia da Lomba.

A edição deste ano saiu, de resto, reforçada com a participação da população local nos momentos musicais do programa, designadamente ao lado do duo Cardo-Roxo ou durante a criação colectiva da Orquestra Criativa de Santa Maria da Feira e do Grupo RITMARE. Alguns dos participantes nunca haviam pisado um palco e, agora com 60, 70 e 80 anos tiveram “uma experiência inesquecível”.

O acampamento de escuteiros mostrou também que o envolvimento das comunidades continua a ser “umas das marcas indeléveis” do projecto.

O projecto prossegue nos próximos dias 15 e 16 de Agosto na aldeia de Porto Carvoeiro, no concelho de Santa Maria da Feira.

Lançado em 2013 pela ADRITEM – propondo o envolvimento activo da população, estimulando os usos e costumes, as tradições culturais e a gastronomia -, o HFA iniciou este ano um processo de expansão em Terras do Sousa, mercê da cooperação mantida com a sua congénere ADER-SOUSA.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *