Celorico de Basto, Sociedade

Piscinas Municipais ao Ar Livre de Celorico de Basto inauguradas

_DSC4661As Piscinas Municipais ao Ar Livre de Celorico de Basto estão agora ao serviço das populações. A Cerimónia oficial de inauguração decorreu ontem, 19 de julho, e contou com a presença do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Emídio Guerreiro.

Celorico de Basto viu, num dia de intenso calor, inaugurada mais uma importante infraestrutura para o concelho. “Hoje é um dia muito importante porque inauguramos uma infraestrutura com uma dupla vertente, por um lado permite a parte desportiva com a formação de atletas, onde as crianças podem fazer as suas competições e por outro lado será um equipamento de lazer inteiramente à disposição da população e visitantes, num novo patamar na qualidade de vida muito significativo”, disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. O autarca reforçou tratar-se de um equipamento conseguido com persistência de anos. “Este equipamento é fruto do empenho de anos, destaco o trabalho dos funcionários da Câmara Municipal que não olharam a esforços para conseguirmos ter esta obra pronta atempadamente. De facto, com vontade e com o apoio do Estado e dos fundos comunitários conseguimos. Espero que todos possam desfrutar da melhor forma desta infraestrutura, que saibamos cuidar dela, daquilo que é público, daquilo que fazemos hoje e disponibilizamos para as populações”.

O edil Celoricense realçou o trabalho desenvolvido em diversas áreas de intervenção. “Temos feito um esforço enorme mas conseguimos trabalhar com o desporto, com a cultura, com o património, recentemente inauguramos as obras de requalificação do Castelo de Arnoia e Villa de Basto, num concelho voltado para o Turismo, demos um passo significativo com grande mérito para todos nós” salientou. De facto “quem der uma volta por Celorico de Basto pode verificar o salto qualitativo que aqui se fez”.

O Secretário de Estado do Desporto destacou a importância de usar os fundos comunitários na requalificação de infraestruturas desportivas. “Em vez de devolvermos os fundos comunitários que não utilizávamos resolvemos aproveitá-los para apoiar estas infraestruturas desportivas”, disse. “Abrimos um programa que só no norte apoia diversas infraestruturas desportivas, privilegiando a recuperação das infraestruturas existentes proporcionando-lhes as condições ideais para a prática desportiva”. Emídio Guerreiro salientou a importância de trabalhar em rede para conseguirem o melhor para as populações. “Funcionamos em rede entre o estado, as autarquias, os clubes. Tivemos que arrumar a casa, mas não paramos, estamos a fazer investimentos seletivos. Foi difícil, está a ser difícil mas estamos a conseguir. Com o próximo quadro Comunitário temos a pretensão de colocar Portugal num país de excelência para a prática desportiva. Trabalhar numa cadeia de valores que crie riqueza”.

Emídio Guerreio reforçou tratar-se de um equipamento necessário para incrementar a prática de natação de competição em Celorico de Basto. “ Será um equipamento que trará uma vantagem competitiva a Celorico de Basto com o Clube de Natação a ter melhores condições para se preparar para as competições”.

Ao mesmo tempo, o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto reforçou a importância de equipamentos desportivos como este para criar hábitos saudáveis nas populações. Neste sentido mostrou-se agradado por saber que a Ecopista inaugurada por si em 2013 tem vindo a incrementar a atividade física. “Fico muito agradado por saber que a ecopista tem vindo a mudar hábitos nas populações ao fomentar a atividade física”.

Esta nova obra será uma mais-valia para o Clube de Natação que tem agora outras condições para a prática da modalidade. “Com este equipamento os nossos atletas ficarão melhor preparados para integrar as competições. Temos atletas a participar em campeonatos nacionais e em termos de tempos este equipamento será muito importante”, referiu o treinador do Clube de Natação de Celorico de Basto.

Recordar que esta obra foi cofinanciada pelo FEDER, Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Programa Operacional da Região Norte do Qren.

As piscinas obedecem às normas para instalações desportivas de uso público sendo que o local reúne as melhores condições de exposição solar, de proteção contra os ventos dominantes e integra um parque urbano, conferindo-lhe as condições claramente ajustadas ao ambiente pretendido.

A implantação de todo o conjunto destinado à piscina tem uma área total de 8340,00m2, conferindo um espaço 17 vezes superior à superfície dos planos de água propostos, quando as normas técnicas da Directiva CNQ 23/93 apenas exigem que seja 8 vezes superior.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *