Celorico de Basto, Sociedade

Celebrado acordo de Geminação entre Celorico de Basto e Catanduva

DSC3516Celorico de Basto e Catanduva estão oficialmente ligadas pelo acordo de geminação que foi celebrado na capela de Sta. Luzia, em plena Villa de Basto, entre o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e o Prefeito de Catanduva.

Criadas todas as condições para o efeito, foi celebrada a confirmação das vontades selando-se assim o acordo de geminação entre os municípios de Catanduva e de Celorico de Basto.

“Hoje é um dia histórico, vivemos num mundo global de cooperação entre parceiros e esta parceria, com a celebração deste acordo de geminação ajudar-nos-á a caminhar para a modernidade num planeta cada vez mais curto. Entre os dois municípios, com trabalho, convivência e confiança, pode existir uma cooperação económica, abrir novos caminhos, com pontes entre povos que falam a mesma língua”, disse o autarca Celoricense, Joaquim Mota e Silva. “O centro do nosso trabalho é o ser humano por isso, atuamos no sentido de criar pontes que facilitem a coesão entre os povos, onde impere o dinamismo e vontade de evoluir. Neste sentido reforço o trabalho desenvolvido pelo perfeito de Catanduva numa dedicação imensa às pessoas da sua cidade, proporcionando-lhes as melhores condições e uma qualidade de vida excecional. Temos uma prespetiva humana muito semelhante o que também contribuiu para a celebração deste acordo”.

O Prefeito de Catanduva, Geraldo Vinholi, agradeceu a hospitalidade das gentes de Celorico de Basto e mostrou-se orgulhoso por celebrar este acordo de geminação. “Este convénio de geminação tem sido motivo de muito orgulho para a cidade de Catanduva, que fica no centro do Estado de São Paulo, com 120 mil habitantes. É muito emocionante estarmos aqui a celebrar este elo histórico que iniciou na figura do Padre Albino pelas inúmeras obras que fez na nossa cidade, hospitais, escolas, a catedral… E que ficará para sempre na nossa história. Uma figura que liga Catanduva e Celorico de Basto, e que está atualmente em processo de beatificação”.

Geraldo Vinholi elogiou amplamente o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto pela forma como gere o município. “ Esta administração está reparada para novos desafios. No campo de cuidar das pessoas é evidente e o emprego uma grande preocupação do Joaquim e da sua administração que demonstram uma visão empreendedora e bem integrada nos novos desafios impostos pela União Europeia. A aposta no turismo é evidente com as vinhas, uma logística de rodovias de qualidade, a construção de hotéis, uma ciclo via moderna, entre outras. Nestes dias de visita, podemos conhecer uma terra com grande potencialidade, com instrumentos para ampliar o campo económico, como os vinhos que podem ter um novo mercado”, reforçou.

O acordo de Geminação foi celebrado entre o presidente de Câmara Municipal de Celorico de Basto e o perfeito de Catanduva mas contou com a presença, em ato oficial, do presidente da Assembleia Municipal de Celorico de Basto, António Marinho Gomes, o Consul-Geral do Brasil no Porto, o Vereador da cidade de Catanduva, Marcos Cripa, e o presidente do Comité de Geminação, Fernando Vilas Boas.

A comitiva de Catanduva chegou a Celorico de Basto na quinta-feira tendo sido recebida pelos empresários locais que proporcionam uma amostra dos produtos desenvolvidos em Celorico de Basto. Na sexta-feira visitaram as unidades empresariais do concelho com destaque para as industrias localizadas nos parques empresariais, quintas produtoras de vinho verde e a unidade de Recolha, Seleção e Tratamento de Resíduos.

No sábado, a comitiva de Catanduva foi recebida nos Paços do Concelho pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, numa cerimónia protocolar onde decorreram trocas de recordações entre os dois municípios.

Seguiu-se uma visita ao património religioso e uma visita especial à freguesia de Codessoso, terra natal do padre Albino, grande impulsionador de obras sociais, educativas e religiosas na cidade de Catanduva.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *