Póvoa de Varzim, Sociedade

Época balnear com qualidade e segurança e ainda mais praia na Póvoa de Varzim

Época balnear com qualidade e segurança e ainda mais praiaA Póvoa de Varzim está preparada para a época balnear 2015, que decorre a partir de hoje, 15 de junho, e até 15 de setembro, apresentando parâmetros de excelência, averbados pelas 7 praias com bandeiras azuis e 4 com bandeiras Qualidade Ouro.

“Esta é a minha praia! Póvoa de Varzim, uma praia para todos” é o mote que se impõe por diversos fatores de atratividade.

Um extenso areal – este ano acrescido da requalificação das frentes marítimas de Aver-o-Mar e de Aguçadoura, inauguradas ontem à tarde – devidamente concessionado e vigiado, no âmbito de um Plano Integrado de Segurança, a par de novos parques de diversões na cidade e de um programa de eventos culturais e de animação recreativa, fortemente orientado para um Verão fantástico. É o que tem à sua espera nesta época balnear na praia e na cidade da Póvoa de Varzim!

As sete zonas balneares com Bandeira Azul este ano são: Barranha (que se estende desde o Parque de Campismo da Estela até ao campo de futebol de Aguçadoura); Quião (que se estende do Cruzeiro de Aguçadoura até à Ribeira do Esteiro); Zona Urbana Norte  (que se estende do Bar da Praia até ao bar Náutico); Zona Urbana Sul I  (que se estende do Náutico até à Esplanada do Carvalhido); Zona Urbana Sul II  (que se estende da Esplanada do Carvalhido até ao Porto de Pesca); Paimó e Fragosa.

E como se não bastasse o galardão de bandeira azul, a Póvoa de Varzim congratula-se por ser ainda premiada com o símbolo de qualidade das praias atribuído pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza: a classificação Praia com Qualidade de Ouro 2015.

Codixeira, Estela-Barranha, Fragosa e Zona Urbana Norte são as praias do concelho da Póvoa de Varzim que poderão ostentar o galardão da qualidade ouro, atribuído anualmente pela organização ambientalista às praias com melhor qualidade da água.

A Quercus distingue este ano 314 zonas balneares em 90 municípios, entre território continental e insular. A Póvoa de Varzim tem o privilégio de ser um destes concelhos distinguidos pela qualidade e excelência das suas praias.

Para receber a classificação de Praia com Qualidade de Ouro, a água balnear tem de respeitar dois critérios essenciais. O primeiro, é ter qualidade da água classificada “Excelente”  nas quatro últimas épocas balneares de 2011 a 2014; o segundo é ter todas as análises realizadas, sem exceção, na última época balnear (de 2014) com resultados melhores que os valores definidos para o percentil 95 do anexo I da Diretiva relativa às águas.

O município da Póvoa de Varzim tem feito nos últimos anos um trabalho de requalificação da zona costeira e da sua oferta balnear, apostando acima de tudo na qualidade da água, do areal e de toda a área envolvente e de apoio aos frequentadores.

Outra novidade na época balnear deste ano é o resultado de um investimento de dois milhões de euros na orla costeira do concelho, que em muito beneficiará o ambiente e o espaço urbanístico, prolongando, a norte, a via estruturante do turismo e do lazer.

Pode dizer-se que é uma nova Póvoa que está a surgir, desde Aver-o-Mar até Aguçadoura, com novas zonas de estar, passadiços e zonas de estacionamento.

O Presidente da Câmara Municipal explicou que “esta intervenção, que começou com o objetivo de recuperação das intempéries, é uma obra muito bem conseguida sob o ponto de vista da sua inclusão no ambiente, da forma como aborda a zona de Aguçadoura muito sensível da reserva natural, e a recuperação que fizemos em Aver-o-Mar”.

Aires Pereira sublinhou que a época balnear fica marcada pelo início do funcionamento em definitivo da nova estação elevatória de águas residuais, no parque do Hotel Axis Vermar, inaugurada ontem de manhã, “o que também dará uma garantia acrescida relativamente àquela zona. Estão em funcionamento todos os intercetores, que fazem com que durante o período da época balnear não haja qualquer foco de contaminação”.

À volta de 40 concessionários cuidam e apresentam a praia poveira aos veraneantes.

Estes agentes fazem parte do modelo funcional e organizacional que vai continuar a ser aplicado, a exemplo de anos anteriores, e que conta com a colaboração do Município, dos Delfins (associação de nadadores-salvadores) e da Docapesca, Portos e Lotas, S.A. para cumprir os seguintes objetivos: reduzir ocorrência de acidentes; melhorar a segurança; satisfação do banhista e bom funcionamento das praias e banhos.

Cabe aos concessionários a aquisição, instalação e manutenção dos materiais de vigilância e socorro e também a contratação do nadador-salvador, que deve dar assistência permanente ao banhista das 9h30 às 19h30. Este ano a Póvoa contará, para além do número de nadadores-salvadores aprovado pelo ISN para a presente época balnear, com os meios complementares de salvamento habituais.

De acordo com o Comandante da Capitania do Porto da Póvoa de Varzim, Artur Simas Silva, é aplicado o seguinte dispositivo de vigilância e Plano Integrado de segurança: VW Amarok (TT), nas praias a Norte, nas áreas não concessionadas, com 1 nadador-salvador e militares em reforço neste período que vêm de Lisboa; moto de água de exclusividade com 2 nadadores-salvadores, na marina da Póvoa; botes na zona urbana Sul com nadador-salvador e patrão; moto 4×4 na zona balnear a Norte das piscinas com nadador-salvador; posto de praia guarnecido com dispositivo padrão; telemóveis; embarcações da Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim e Vila do Conde (botes e semirrígidos); embarcações da Polícia Marítima.

A acompanhar a estadia nesta praia para todos, o município da Póvoa de Varzim prepara duas novas infraestruturas a pensar nos mais jovens – dois novos parque de diversão.

A partir de julho, as famílias vão ficar ainda mais satisfeitas por visitarem a Póvoa de Varzim. No Parque da Cidade irá ser montado um parque infantil, temático e com uma imagem ligada às tradições da nossa terra. “Enquanto os pais fazem exercício físico, os filhos podem brincar neste novo equipamento, que será modular, ou seja, há a possibilidade de ser aumentado quando entendermos. Este será um Parque diferente de todos os outros, em madeira e muito bonito, não destoando com a natureza que o envolve e com robustez para aguentar as condições agrestes durante o Inverno”,  referiu o Presidente do município.

A outra infraestrutura foi pensada para os adolescentes. Será construído um Skate Parque no interior do Porto de Pesca, junto ao Instituto de Socorro a Náufragos. O novo parque vem dar condições para os desportos radicais com a devida segurança para os seus praticantes. A área terá perto de 1600 metros quadrados será intervencionada com capacidade para mais de 100 atletas. “A nossa intenção é trazer para a Póvoa de Varzim competições de nível nacional e internacional. Também o interior do Porto de Pesca precisa de animação e, por isso, é a solução ideal para ambos os problemas”. Estas duas infraestruturas serão construídas através das Verbas da Zona de Jogo e cada uma delas terá o custo de cem mil euros.

Para além desta animação para os mais novos, o desporto para todas as idades faz parte do quotidiano do areal poveiro com o Verão Desportivo, uma iniciativa que contempla condições para a prática de vólei, pé-vólei, aeróbica de praia e ténis de mesa.

Ainda nem tinha começado a época balnear e já a Póvoa de Varzim convidava as famílias ao convívio e ao contacto com a natureza em “Uns Dias no Parque”. De 5 a 10 de junho, “este foi o melhor evento de Uns Dias no Parque que organizámos”, frisou Aires Pereira em balanço da atividade que juntou associações, academias e empresas, e ainda artistas, num autêntico festival de alegria e solidariedade. A culminar houve dois grandes concertos com Expensive Soul e GNR.

A praia da Póvoa de Varzim é um destino que conta ainda com uma semana inteira de festa para celebrar o S. Pedro, com destaque para duas noitadas de folia, a 28 de junho e a 4 de julho. A religiosidade é outro complemento da atratividade à Póvoa de Varzim, sendo que além do Padroeiro, destacam-se as Festas em honra da Senhora da Assunção (15 de agosto) e da Senhora das Dores (terceira semana de setembro), que reúnem a fé mariana e as tradições mais populares.

O Verão pode ainda contar com uma âncora de Cultura no centro da cidade, o Cine-Teatro Garrett, por onde desfilam eventos cativantes. Um dos certames mais conceituados na cidade e que incluirá espetáculos nesta sala, para além de outros espaços, é o Festival Internacional de Música, que centra as atenções através de uma programação internacional e acessível a todos (10 a 31 de julho).

Além da música, a literatura inunda os dias de veraneio, com a Feira do Livro, um ponto de encontro com os livros em frente ao mar, no Passeio Alegre, de 31 de julho a 16 de agosto.

Ainda livros e lazer junto às praias, com as Bibliotecas de Praia, que decorrem no Diana Bar e na Praia da Lagoa, de 1 de julho a 31 de agosto, bem como a Biblioteca de Jardim, nos jardins da Casa Manuel Lopes, de 3 a 28 de agosto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *