Póvoa de Varzim, Sociedade

Cerimónia de homenagens assinala Dia da Cidade da Póvoa de Varzim

Cerimónia de homenagens assinala Dia da CidadeA Póvoa de Varzim celebra, a 16 de junho, o 42º aniversário da elevação a cidade. O Município vai assinalar a data com uma cerimónia comemorativa de entrega de Medalhas de Reconhecimento Poveiro, às 19h00, no Cine-Teatro Garrett.

Cremilde Celeste Oliveira Vidal, Padre José Gonçalves e RCM-Etiquetas serão distinguidos este ano, de acordo com a proposta do Presidente da Câmara Municipal, Aires Pereira.

Com a Medalha de Cidadã Poveira a Exma. Senhora D. Cremilde Celeste Oliveira Vidal, que entre 1942 e 1958 foi professora na secção masculina da Escola do Grémio da Póvoa de Varzim, função que sempre desempenhou de forma aplicada, de acordo com os melhores métodos pedagógicos e sobretudo movida pelo prazer de ensinar, não só a ler a escrever e a contar, mas também a terem o gosto pelo estudo, pelo trabalho e a cultivarem a amizade e a camaradagem com uma sólida formação moral. A Senhora Professora Cremilde, hoje com 96 anos, teve de se afastar da Póvoa por razões de saúde, mas mantém uma relação próxima com muitos dos seus antigos alunos, com quem se encontra, e acalenta a mágoa de não poder residir na nossa cidade, a que se sente afetivamente ligada. Foram, aliás, seus antigos alunos quem me sugeriu esta distinção, que considero muito justa.

Com a Medalha de Cidadão Poveiro, o Rev. Senhor Padre José Gonçalves, desde 26 de Agosto de 1955 ligado à recém-instituída paróquia de S. José de Ribamar, inicialmente como coadjutor do Senhor Pe. Manuel da Costa Gomes, a quem sucedeu como pároco em 1 de Setembro de 1956, exercendo a paroquialidade durante 54 anos (pediu a renúncia, nos termos canónicos, aos 75 anos, mas manteve-se no cargo até aos 80, cumpridos em 31 de maio de 2010). Ao longo deste meio século, o Rev. Padre José Gonçalves equipou a sua jovem paróquia (criada em 1935) com estruturas para a ação pastoral e social, concebidas e concretizadas não apenas para afirmação da presença da igreja mas também para a promoção e desenvolvimento do ser humano como um todo. Parece-me merecedor de particular realce, no âmbito da sua vasta e muito meritória atividade, a colaboração com o município através da cedência de instalações que permitiram, em tempos distintos, a criação da Escola Municipal de Música e da Escola Superior de Gestão (que antecedeu a atual ESEIG).

Com a Medalha de Reconhecimento Poveiro, grau prata, a empresa “RCM-Etiquetas”, criada em 1989, que opera no ramo da impressão e produção de rótulos e etiquetas, inicialmente para o sector têxtil (então em forte expansão), entretanto também para os sectores vitivinícola, alimentar e industrial. Desde sempre sediada na Póvoa de Varzim, a “RCM-Etiquetas” foi crescendo de forma sustentada num mercado altamente concorrencial, impondo-se pela qualidade (está, desde 2009, certificada) e pela inovação tecnológica, além de uma relação muito próxima com os seus 42 colaboradores e com os clientes (que assim fideliza). Crescentemente presente na vida desta empresa, que acaba de completar 25 anos de atividade, é a consciência da sua responsabilidade para com a sociedade, traduzida de múltiplas formas no apoio ao movimento associativo nas áreas da Cultura e do Desporto.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *