Celorico de Basto, Cultura

Grupo de Teatro Celoricense apresenta “Violência”

violênciaNo próximo dia 5 de junho, pelas 21h00, o cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses será o palco da peça “Violência” encenada pelo Grupo de Teatro Celoricense para retratar uma problemática inerente a todos os estratos sociais da sociedade, a Violência Doméstica.

A peça foi solicitada pelo CLDS+, Celorico+Social, no sentido de sensibilizar a população para o problema, atuando de acordo com as solicitações do eixo de intervenção 2 que atua na Intervenção familiar e parental preventiva da pobreza infantil.

O coordenador do CLDS+, Manuel Maria Afonso, destaca esta atividade como primordial e necessária para chegar a toda a população independentemente da classe social. “Enquanto equipa técnica e com o trabalho de campo desenvolvido temos a perfeita noção de que esta realidade está intrínseca em muitas famílias, muitas, por vergonha, permitem que a situação se prolongue por anos a fio com repercussões negativas para todo o seio familiar, sobretudo quando há crianças. Ao mesmo tempo, importa referenciar que a violência doméstica e o álcool não são problemáticas inerentes apenas às pessoas mais pobres mas existente em todas as classes sociais. Esta peça será uma forma de acordar a população para a realidade informando-os de que existem formas e meios de apoio”.

A peça “Violência” atuará no sentido da sensibilização. “A peça está a ser trabalhada no sentido de destacar a problemática sobre vários pontos de vista. O texto surgiu de ideias soltas que se interligaram e construíram a peça. Os atores têm aqui um papel vocacionado sobretudo para a interpretação com o estilo dramático acentuado”, referiu Tiago Pires, encenador da peça.

Esta temática foi aproveitada pelo CLDS+ como forma de consciencializar e prevenir comportamentos desviantes. “O CLDS+ é um programa que tem vindo a atuar no sentido de consciencializar a população para problemáticas correntes na sociedade. Neste caso, aproveitamos todo o trabalho desenvolvido por este grupo de atores, com um texto difícil e interpretações complicadas tendo em conta a temática para chegar ainda mais perto da população. Consciencializar é uma forma bem premente de evitar comportamentos desviantes”, salientou a coordenadora da Ação Social e Saúde da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Helena Martinho.

O GTC prepara-se para mostrar o trabalho desenvolvido ao longo destes meses de formação. “Esta peça será a primeira do GTC a subir aos palcos e dará a conhecer o trabalho de interpretação dos “nossos” atores já com algum apetrecho na arte de representar”, referiu a presidente do GTC, Maria José Santos.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *