Cultura, Portimão, Turismo

Santos e Marchas Populares em Portimão com arraiais, sardinhadas, cheiro a manjerico e saltos à fogueira

CARTAZ_Santos e Marchas PopularesJunho é mês de Santos Populares e Portimão mantém e reinventa a tradição, preparando-se para viver 17 dias de grande animação, onde não faltarão as Marchas Populares, enquanto a zona do centro histórico da cidade ganha nova vida com uma festa em plena Rua Nova, recuperando algumas tradições desta época. As noites prometem ser animadas pelos arraiais e pela música e dança ao ritmo das canções populares. Enfeitadas com grinaldas e globos coloridos, a Rua Nova será invadida pelo cheiro da sardinha assada e pelos aromas dos manjericos.

As Marchas Populares voltam a sair à rua nas três freguesias do município para o tradicional desfile, que este ano voltam a contar não só com a participação de três coletividades do município, o Sporting Glória Ou Morte Portimonense, o Clube de Instrução e Recreio Mexilhoeirense e a Sociedade Recreativa Figueirense, mas também com a presença de três marchas convidadas, o Centro Comunitário Duna–CASLAS, a Santa Casa da Misericórdia de Lagos e a Associação Grupo de Amigos da Pedreira /Silves.

O primeiro desfile terá lugar no Polidesportivo da Figueira a 12 de junho, enquanto no dia 19 os marchantes vão desfilar na Zona Ribeirinha de Alvor no âmbito do programa da Semana Gastronómica de Alvor, culminando esta grande festa popular com o desfile final do dia 26, na Zona Ribeirinha de Portimão, sendo de referir que todos os desfiles começarão às 22h00.

A edição deste ano das Marchas Populares de Portimão reunirá cerca de três centenas de participantes, entre marchantes, coreógrafos e figurinistas, que darão largas à imaginação e ao espírito popular, evocando vários temas ligados ao património sociocultural e às tradições do Algarve.

Nas ruas, decoradas a preceito, irão festejar-se Santo António, São João e São Pedro com cheiro a alecrim e a rosmaninho e como não há Santos Populares sem arraial, o Sporting Glória ou Morte Portimonense realizará Arraiais e Bailes no espaço adjacente à antiga Lota de Portimão (entre a Lota e a Ponte Velha), nos sábados de 13, 20 e 27 de junho, a partir das 20h30, com direito a sardinhas assadas no pão com saladinha de pimentos, ou pregos e bifanas e muita música.

Este ano a Festa dos Santos Populares de Portimão reinventa-se e celebra-se numa das principais ruas do centro histórico da cidade com uma grande festa na Rua Nova em conjunto com as coletividades locais e associações culturais, nomeadamente a Contramaré – Associação Cultural de Portimão, o Clube União Portimonense, a Sociedade Vencedora Portimonense e a Teia D´Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva. Os Arraiais serão sempre às 18h00, no dia 13 com uma Sardinhada e nos dias 24 e 29 de junho com barraquinhas com venda de bebidas e de vários petiscos em plena rua decorada com arcos, balões coloridos e cheiros de manjericos, com concertos e projeção de imagens e ainda os saltos à fogueira.

De realçar que a Rua Nova foi palco de um conjunto de iniciativas que marcaram a I Semana da Reabilitação Urbana em Portimão nos meses de abril e maio.

Os Santos e as Festas populares são uma tradição muito própria da nossa cultura. Seja com as marchas populares, ou de noite com a música e a dança, o que interessa é celebrar intensamente tudo o que estes dias festivos em Portimão têm para te oferecer. Seja no caso de fazer a simpatia ao Santo António ou de largar um balão no São João ou comprar um belo de um manjerico no São Pedro para recordação.

Esta iniciativa é organizada pelo Município de Portimão em conjunto com a Freguesia de Portimão, Junta de Freguesia de Alvor, Junta de Freguesia da Mexilhoeira Grande.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *