Loures

Inauguração da exposição “Móveis Olaio. Produção, Inovação e Qualidade” em Loures

Casino Estoril_OlaioA Câmara Municipal de Loures vai inaugurar a exposição “Móveis Olaio. Produção, Inovação e Qualidade” no próximo dia 17, domingo, no Museu de Cerâmica de Sacavém, pelas 15 horas.

Esta mostra, que acontece no contexto da valorização do Património Industrial de Loures, onde se insere a Fábrica de Móveis Olaio (1937-1998), compreende quatro dimensões: A História da Casa Olaio através de uma cronologia ilustrada; As Pessoas a partir de testemunhos orais, a visualizar em filme; e a Produção Olaio, a partir de algum mobiliário e dos desenhos (1947-1970) em depósito no Museu.

O catálogo conta com textos de vários investigadores: Deolinda Folgado; Herbert Brehm; João Paulo Martins e Sofia Diniz; Graça Pedroso; Ana Sofia Araújo; Armando Caseirão; Nuno Caniça.

Este conjunto de informação permite ilustrar e sustentar a cronologia visual, documentar as peças de mobiliário e os testemunhos das pessoas da Fábrica, em complemento com alguns catálogos e documentos de arquivo, fotografias e objetos do Desporto Olaio e documentos relativos à Oficina na Penitenciária de Lisboa, cedidos para a exposição.

As imagens são do espólio da Família Olaio, de alguns trabalhadores, e da doação de um munícipe.

As peças de mobiliário Olaio continuam ainda hoje a ser o mobiliário do quotidiano de quem o possui. Assim, a mostra apresenta os distintos momentos da produção Olaio: Oficinas de Lisboa (1918-1939) com três núcleos – Leal da Câmara, Raul Lino e mobiliário metálico; Fábrica em Loures (1939-1987) com 13 núcleos – mobiliário rústico, mobiliário americano e encomenda pública dos anos 40 e 50, móvel de apoio, cadeiras, estirador, linha Prefa, hotéis, entre 1955 e 1973, desenhados por José Espinho, nos anos 80 cadeiras desenhadas por João Chichorro. E também as licenças de produção e de comercialização exclusivas para Portugal – Lundia, Lifa e Interlübke.

A exposição alarga-se a outras instituições com mobiliário Olaio nas suas coleções como a Casa-Museu Leal da Câmara, a Assembleia da República e o MUDE.

Com esta exposição, o Museu de Cerâmica de Sacavém, enquanto Museu Industrial, comemora o Ano Europeu do Património Industrial e Técnico em 2015 e também celebra os seus quinze anos de existência.

A exposição “Móveis Olaio. Produção, Inovação e Qualidade” ficará patente ao público até dezembro de 2016.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *