Cultura, Vila Real de Santo António

Autarquia de Vila Real de Santo António entrega prémio literário de ensaio histórico no valor de dez mil euros

Flyer_Entrega prémio nacional António Rosa Mendes-page-001A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António entrega, no próximo dia 21 de maio, às 18h00, o «Prémio Nacional de Ensaio Histórico António Rosa Mendes», no valor de 10 mil euros, com o objetivo de promover, de forma contínua, a investigação e a literatura sobre história no nosso país.                                                                                          

Este concurso, lançado no âmbito da homenagem da autarquia de VRSA e da academia algarvia ao ilustre vila-realense António Rosa Mendes, falecido em 2013, destina-se a galardoar o melhor trabalho inédito na modalidade de ensaio histórico, com tema livre, mas circunscrito ao período da Idade Moderna.

O prémio deste concurso nacional, de caráter bienal, no valor pecuniário de 10 mil euros, transforma-o num dos maiores do país, havendo a possibilidade de a obra vir a ser editada.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de VRSA, Luís Gomes, «este concurso honra o nome e a obra de Rosa Mendes e faz do município uma referência ao nível da cultura, da investigação histórica e da promoção do património».

Para efeitos de atribuição de prémio, o júri foi constituído por cinco personalidades convidadas pelo Município de Vila Real de Santo António.

Do painel de jurados fazem parte os seguintes elementos: Prof. Doutor Joaquim Romero de Magalhães (Universidade de Coimbra); Prof. Doutor Esteves Pereira (Universidade Nova de Lisboa); Prof. Doutor José Eduardo Horta Correia (Universidade do Algarve); Prof. Doutor Luís Filipe Oliveira (Universidade do Algarve); e Arq. José Carlos Barros (Assembleia Municipal de Vila Real de Santo António).

Natural de VRSA, António Rosa Mendes foi um professor emérito, respeitado e admirado por alunos e colegas e por toda a comunidade das suas relações, tendo contribuído para impulsionar a investigação científica em torno da História do Algarve.

Foi, durante a sua vida, reconhecido publicamente como um homem íntegro, culto, humanista, desprendido, humilde, com caráter, princípios e coragem cívica, tendo as raízes algarvias marcado toda a sua intervenção académica, social e política.

Para homenagear este eminente vulto da cultura algarvia, a autarquia de VRSA irá também editar duas obras literárias sobre a vida e obra de António Rosa Mendes: uma primeira denominada «Subsídios para a Monografia de António Rosa Mendes» e uma segunda denominada «Biografia de António Rosa Mendes».

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *