Póvoa de Varzim, Sociedade

Portugal em Festa atraiu vasto público à Póvoa de Varzim

Portugal em Festa atraiu vasto público à Póvoa de VarzimSeis horas de emissão em direto do Passeio Alegre, na Póvoa de Varzim. O Programa da SIC “Portugal em Festa” do dia 3 de maio, foi uma verdadeira festa de alegria e entretenimento, a coincidir com o Dia da Mãe.

Como é habitual neste programa generalista, com muita animação musical e passatempos, apresentado por João Baião e Rita Ferro Rodrigues, as tradições e costumes das terras de acolhimento são evidenciadas. Foi o que aconteceu nesta edição do programa, realizado numa tenda gigante, devido à chuva que ameaçou a tarde de domingo.

A assistir estiveram várias centenas de pessoas no Passeio Alegre, embora muitos milhares tenham acompanhado em casa o “Portugal em Festa”, que, de resto, regista 139 mil seguidores na rede social Facebook. Ninguém ficou indiferente à atuação da Rusga da Póvoa ou à divulgação de tradições, como o artesanato das camisolas poveiras, barcos em miniatura ou peças feitas de conchas e areia.

Não faltaram os passatempos com os jogos entre famílias, o sorteio de rifas na Tenda dos Sonhos e a Hora das Variedades com os novos talentos, Rafaela, Sílvia Raquel e Corpore Dance, tendo este último grupo de dança moderna sido escolhido pelo júri como o vencedor. Veja a fotogaleria.

O Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Luís Diamantino, foi convidado a divulgar a faceta turística e a beleza natural do município, tendo aproveitado para realçar que “é bom viver na Póvoa de Varzim”, pois este é um “município amigo das pessoas”. Entrevistado por breves minutos por Rita Ferro Rodrigues, numa das varandas do Grande Hotel, Luís Diamantino especificou que a política do município poveiro tem em primeiro plano a preocupação com as pessoas, havendo, por um lado, “uma vasta rede de instituições de apoio às causas sociais” e, por outro, “uma política financeira que aposta nos mais baixos impostos praticados na região”.

O mar continua a ter uma grande preponderância na vida dos poveiros, adiantou ainda o Vice-Presidente, referindo “a ligação ao mar como uma preocupação constante, quer na vida quer na morte do pescador poveiro”.

A cimentar a ligação ao mar, o programa apresentou ainda a entrevista com Manuel Costa, diretor da Biblioteca Municipal, e Nia Préu, Mestre da Lancha Poveira Fé em Deus, cuja réplica se encontrava junto ao palco de emissão. Foi também convidado Miguel Pinto, da conserveira A Poveira, para divulgar os produtos da fábrica, pois as conservas representam um braço industrial de ligação ao mar com grande tradição no concelho.

Mas “Portugal em Festa” não deixou de celebrar também as raízes da Póvoa de Varzim à terra, nomeadamente os sabores que advêm dessa ligação. A Horpozim – Associação de Horticultores da Póvoa de Varzim expôs os principais produtos da terra, cultivados maioritariamente nas freguesias da faixa litoral. No expositor puderam ser vistos através da televisão, batatas, cenouras e nabos da Póvoa, que condimentaram também a deliciosa sopa servida aos colaboradores do “Portugal em Festa” e a todos os interessados pelos Sabores Poveiros.

O programa da SIC deu a conhecer ainda a Confraria dos Sabores Poveiros e mostrou alguma doçaria tradicional, como os barquinhos, os poveirinhos ou o bolo Lancha Poveira, feito com nabiças da Póvoa, apresentados pela Pastelaria Ribamar, não esquecendo ainda a arte de chocolateiros, que já começa a ser um atrativo na cidade. A Confeitaria “Historial” foi uma das convidadas e apresentou uma das suas mais belas obras, a réplica em chocolate do Coreto da Praça do Almada.

Como espaços de apoio à atividade turística, foram apresentados o Casino da Póvoa e o Grande Hotel, que acolheu também as estruturas de apoio ao “Portugal em Festa”, nesta emissão do dia da Mãe, que contou ainda com o apoio do município.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *