Cultura, Mangualde

Crianças de Mangualde ‘dormiram com livros’

dormir com livros 2015 (1)Crianças e adultos participaram em mais uma edição do ‘Dormir com Livros’ que se realizou da noite de 24 para 25 de abril, na Biblioteca Dr.º Alexandre Alves, em Mangualde. O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde, João Lopes, abriu a sessão e deu as boas vindas àqueles que, com entusiasmo, ansiavam ouvir histórias de encantar. A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Mangualde e que vai já na sua 9ª edição, decorreu como forma de assinalar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se comemorou a 23 de abril, e com o objetivo de fomentar o gosto pela leitura junto dos mais novos.

A ação contou com a presença do Contador de histórias e ilustrador Rui Ramos, que se deslocou à Biblioteca Municipal especialmente para a sessão do ‘Dormir com Livros’, enquanto colaborador da Associação AJUDARIS, no projeto Histórias da Ajudaris. Rui Ramos contou várias histórias que fizeram as delícias das crianças e adultos presentes na iniciativa. Durante a sessão o Ilustrador fez ainda uma apresentação da Associação AJUDARIS e da exposição de ilustração patente na Biblioteca Municipal de Mangualde até à próxima quinta-feira, 30 de abril, salientando a importância desta associação.

A noite continuou com muitas outras histórias preparadas pela equipa da Biblioteca Municipal. As crianças, acompanhadas pelos respetivos pais e membros da biblioteca participaram, entusiasticamente, nas leituras, até o sono não permitir mais. Jogos e atividades em volta dos livros, até perto das 3 e meia da manhã, foram as diversões desta noitada, como o “pedypaper” pela sala de leitura, descobrindo ingredientes para elaboração de uma receita, onde os livros e contos não faltaram. Na manhã de 25 de abril, para além do pequeno-almoço quentinho, oferecido pela Câmara Municipal de Mangualde, houve ainda tempo para contar algumas histórias antes da despedida até ao próximo ano.

Foi sem dúvida uma noite diferente para as cerca de 30 pessoas, entre pais e crianças, onde a maratona dos contos só terminou quando o sono já se fazia sentir.

 

RUI RAMOS

Rui Ramos é Contador de histórias e Formador de oficinas e workshops de escrita criativa, ilustração, banda desenhada e narração oral. Mestre e Doutor em Geologia, dedicou-se durante doze anos à investigação científica na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, com algumas passagens pela geotecnia (barragens e túneis). Em paralelo, formou-se nas áreas da escrita criativa, da banda desenhada, do canto coral e da narração oral.

Tem vindo a coordenar vários projetos de Banda Desenhada sendo que alguns já lhe permitiram nomeações e vários prémios. Em 2007, fundou e coordenou a equipa R’Lyeh Dreams responsável pelos fanzines Murmúrios das Profundezas (2008) e Voyager (2011), tendo o primeiro sido nomeado para o melhor projeto de BD de 2008, melhor fanzine da década, em 2012, e vencedor do Troféu Central Comics para melhor fanzine de 2008. Em 2012, criou O Baú do Contador – projeto pessoal direcionado para a narração oral e formação nas áreas da ilustração e banda desenhada, escrita criativa e narração oral.

 

EXPOSIÇÃO ‘HISTÓRIAS DA AJUDARIS’ – NA BIBLIOTECA DR.º ALEXANDRE ATÉ AO DIA 30

A exposição, da Associação AJUDARIS, integra o projeto da mesma, denominado “Histórias da Ajudaris” e pretende incentivar à leitura, à escrita e ajudar os que mais precisam. A mostra é composta por 93 ilustrações correspondentes aos originais do livro com o mesmo nome. Nestes livros as crianças são as protagonistas e as autoras na partilha de magia e de criatividade com os seus pares e com a sociedade em geral. Colhendo a inspiração em termos da cidadania, de partilha e dos afetos, ingredientes essenciais naquela que é a missão da Ajudaris, descobrem o gosto pela escrita e publicam-se os livros. O livro é uma casa encantada que junta contos escritos por 7000 crianças autoras orientadas por professores generosos em contexto de sala de aula. Os contos são pincelados por artistas iluminados.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *