Cultura, Sociedade, Vila do Bispo

Evocação dos Militares de Vila do Bispo falecidos ao serviço de Portugal

Cartaz Dia do Combatente - abril2015Na próxima quinta-feira, dia 09 de abril, cumprem-se 97 anos sobre um episódio marcante na História de Portugal: a Batalha de La Lys, travada em França entre as forças aliadas e o império alemão, em 1918, no curso da 1.ª Guerra Mundial. Portugal entrara no conflito dois anos antes ao lado da Inglaterra e da França. No dia 09 de abril de 1918 o Exército Alemão atacou violentamente as posições portuguesas. As forças do Corpo Expedicionário Português foram devastadas apesar de terem conseguido proteger os aliados. Sofrem pesadíssimas baixas: cerca de 1300 mortos, 4600 feridos, 2000 desaparecidos e 7000 prisioneiros. Duas das baixas foram de Vila do Bispo e, mais, especificamente, da localidade de Burgau: Carlos Sequeira (natural) e José Joaquim Abelum (residente), ambos militares do Regimento de Infantaria n.º 1 do Exército Português. O primeiro despareceu no dia da batalha, o outro foi feito prisioneiro de guerra, falecendo 3 dias depois.

Estes dois Soldados, bem como todos os restantes que deram a sua vida ao serviço do nosso país, naturais ou em trânsito pelo nosso Concelho (2 deles militares britânicos, tendo outros 5 perecido em terras de África) serão recordados no próximo dia 09 de abril numa homenagem que terá lugar no Cemitério da Freguesia de Barão de São Miguel, às 11h00, organizada pela Câmara Municipal de Vila do Bispo e que conta com os apoios da Junta de Freguesia de Barão de São Miguel, da Associação de Ex-Combatentes do Concelho de Vila do Bispo e da Paróquia de Barão de São Miguel, associando-se, deste modo, à homenagem nacional que anualmente tem lugar no nosso país, conhecida por “Dia do Combatente”.

Dentro desta evocação, no próximo dia 11 de abril (sábado), às 15h00, terá lugar no Centro de Interpretação de Vila do Bispo a palestra “Algumas Curiosidades na História Naval Portuguesa”, pelo técnico municipal Artur de Jesus.

As iniciativas são abertas a todos os interessados e todos estão, desde já, convidados a participar. Recordar os protagonistas e as efemérides da nossa História são a melhor forma de a preservar.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *