Mafra, Turismo

1º Festival Internacional do Ouriço-do-Mar em Mafra

sul4O 1º Festival Internacional do Ouriço-do-Mar inclui receitas de ouriço nas mesas de oito restaurantes da Ericeira, onde aquele bivalve é o ingrediente principal, com variações ao gosto de cada casa, durante os dias 11 e 12 de Abril.

Sentando-se à mesa da Marisqueira Dom Carlos pode-se saborear Ouriços na Brasa com Vinagrete de Citrinos; na Esplanada das Furnas haverá Ouriço ao natural, bem como no A Parreirinha que, além destes, também dará a provar Pataniscas de Ouriço. No Ti Matilde o prato eleito é Açorda de Ouriço.

“Borbulho do Mar” (entrada elaborada com navalheiras, ouriços e percebes) e, como sobremesa, um Leite Creme de Ouriço são as ofertas no Restaurante Sul.

Já no Tik Tapas poder-se-á experimentar Ouriço com Vinagrete de Lima ou Arroz de Ouriço e no, restaurante do mesmo grupo, Tik Tak o Ouriço na sua forma de Confecção Tradicional: na chapa ou cozido ou então um Linguini di Sépia com Ouriços.

No Uni Sushi Restaurant o Ouriço, não só marcará presença com o nome do espaço (“uni” – ouriço em japonês), mas também com as suas ovas, preparando aos seus visitantes o Uni Maki (uramaki coberto com ovas de Ouriço).

Recomenda-se que, devido ao número expectável de adesões à iniciativa, para conviver com os “Ouriços à Mesa” seja efectuada reserva (informação de contactos de cada estabelecimento aderente disponível ao final do artigo).

O 1º Festival Internacional do Ouriço-do-Mar abre dia 11 de Abril, na Ericeira, com um showcooking de um conjunto de chefes profissionais de cozinha que demonstrarão o que é possível criar de receituário com ouriço-do-mar.

Com entrada livre, os chefes António Alexandre (Lisboa Marriott Hotel), Luís Miguel Rodrigues (Restaurante Bastardo, do Internacional Design Hotel), Alexis Gregório (Restaurantes Adega Machado e Café Luso, em Lisboa), Manuel Prats (Restaurante M29, do Hotel Miguel Angel, em Madrid), Luis Machado (ESTM-IPL) e o chefe Carlos Collado da Le Cordon Bleu (Madrid) vão mostrar ao vivo variações interpretativas do ouriço-do-mar, num evento a realizar no Hotel Vila Galé da Ericeira, a partir das 15h00.

Jornadas técnicas sobre o ouriço-do-mar, com especialistas, biólogos e investigadores, a apresentação de um estudo científico sobre stocks, povoamento e desenvolvimento do produto na zona costeira da Ericeira têm também lugar no festival, as quais serão realizadas no auditório da Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva, localizado no centro da vila, dia 11 de manhã, 11h00.

Paralelamente ao 1.º Festival Internacional do Ouriço-do-mar, decorre uma iniciativa de promoção em restaurantes de autor FORA do Concelho de Mafra, que desenvolverão as suas interpretações gastronómicas desta iguaria durante a semana de 6 a 12 de Abril.

Para além da Câmara Municipal de Mafra, o evento conta com os apoios de: Juntas de Freguesia da Ericeira, Santo Isidoro e Encarnação; Turismo de Portugal; ATL – Associação Turismo de Lisboa; ESTM IPL – Escola Superior de Tecnologia do Mar – Instituto Politécnico de Leiria; MARE STARTUPS – Faculdade de Ciências Universidade de Lisboa; Hotel Miguel Angel, Madrid; M-29 Restaurante, Madrid; Le Cordon Bleu, Madrid; Hoteis Vila Galé, entre outros parceiros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *