Desporto, Vila Real de Santo António

Mundialito de Futebol reúne em Vila Real de Santo António 4000 jogadores de meia centena de países

Mundialito de Futebol 7_VRSA_1Vila Real de Santo António e Ayamonte recebem, uma vez mais, o Mundialito, o maior torneio de futebol infantil do mundo. Em 2015, a prova volta a bater recordes, ao registar a participação de 4.000 crianças de mais de 50 nacionalidades e cerca de 300 equipas de 200 clubes que irão disputar perto de 750 jogos.

Durante o evento, que decorrerá entre os dias 28 de março e 5 de abril, a taxa de ocupação hoteleira nos municípios de VRSA e Ayamonte atingirá os 100 por cento, gerando um retorno económico de dois milhões de euros para as duas cidades.

«No quadro do Algarve, este é o evento com maior número de atletas envolvidos e com a maior repercussão em termos económicos para a hotelaria, restauração e comércio local», assinalou Conceição Cabrita, vice-presidente da Câmara Municipal de VRSA, durante a apresentação oficial do evento, esta segunda-feira, em VRSA.

A conferência de imprensa contou também com a presença do presidente do Ayuntamiento de Ayamonte, António Castillo, e com a diretora-geral do torneio, Nilda Gutiérrez, que destacaram o facto de esta ser uma prova reconhecida pela FIFA por onde já passaram muitas das atuais estrelas do futebol europeu.

Ao nível das novidades, o Mundialito 2015 irá apostar forte na cerimónia de abertura, que contará com um coletivo de 400 figurantes e será coordenada pelo coreógrafo Israel Reyes, conhecido pela produção de diversos musicais no país vizinho.

Também em termos de inovação, o Mundialito 2015 divide-se, este ano, em cinco grupos. Além das formações habituais (7/8 anos, 9/10 anos e Querubins), a classe dos 11 e 12 anos será desdobrada, dando origem a dois grupos autónomos, o que elevará o nível competitivo.

Ao nível de equipas, destaca-se a participação dos melhores clubes do mundo, como são os casos do Barcelona, Sevilha, Betis, Inter de Milão, Ajax, Juventus, Liverpool, entre muitos outos.

Além dos «nacionais» Benfica, Porto e Sporting, a competição traz ainda emblemas como o Flu Recreio (Brasil), o Eljaish School Club (Qatar) ou o Soccer Club (Kenia).

Pelo terceiro ano consecutivo, a prova integra-se nas atividades da Eurocidade do Guadiana, composta pelos municípios de Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte, facto que mostra a projeção e dimensão ibérica do evento.

 

A festa dentro da festa

À festa do futebol, junta-se o «Mundialito Center», localizado no Complexo Desportivo de VRSA, um espaço de convívio entre desportistas, clubes e patrocinadores onde podem ser adquiridos produtos de merchandise e onde decorrem inúmeras atividades dirigidas aos visitantes,

Aqui está localizado o «Museu Mundialito», local onde estão em exposição perto de 3 mil peças como camisolas e livros autografados pelos grandes nomes do futebol.

Uma vez mais, os participantes terão à disposição uma carreira rodoviária entre VRSA e Monte Gordo e uma carreira fluvial entre VRSA e Ayamonte, permitindo acompanhar quer os jogos disputados nos campos do Complexo Desportivo de Vila Real de Santo António, do Lusitano e do Beira-Mar (Portugal), quer nos Estádios Cidade de Ayamonte e Blas Infante (Espanha).

 

Números e factos do Mundialito 2015

4.000 crianças

Mais de 50 nacionalidades

300 equipas

200 clubes

750 jogos

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *