Cultura, Mangualde

“Há palavras que nos beijam” deram mote a momento cultural em Mangualde

palavras 029Na passada sexta-feira, 20 de março, pelas 21h00, a Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, em Mangualde, acolheu a primeira sessão do projeto: ‘AS SEXTAS DA LUA’. Com casa cheia, e num ambiente intimista e acolhedor foi possível assinalar a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, a criatividade e a inovação sob o tema “Há palavras que nos beijam”, numa alusão ao dia mundial da poesia que se comemorou a 21 de março. A iniciativa contou com a presença do Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Mangualde, João Lopes.

O poema de Alexandre O`Neil, ‘Há Palavras que nos Beijam’, foi o escolhido para dar mote à noite de poesia e deu início a uma noite em que se recordaram poetas, poemas e músicos. Nas vozes dos jovens atores da Associação AMARTE foi possível ouvir, o ‘Edital’ de Augusto Gil, ‘As Pessoas Sensíveis’ de Sophia de Mello Breyner, a ‘Liberdade’ de Carlos Drummond de Andrade, ‘Amigo’ de Alexandre O`Neil e ‘Pois bem’ de Afonso Lopes Vieira, sendo alguns deles acompanhados com performances de dança pelas bailarinas da mesma associação. Em termos musicais, na voz de Inês Coelho, acompanhada pelos músicos João Pereira e Luís Cabral, foram declamados os poemas ‘Saudades eu não as quero’ (Afonso Lopes Vieira), ‘Só nós dois’ (Ary dos Santos), ‘X’ (Florbela Espanca), ‘Canção do Tempo’ (Ary dos Santos), ‘Café’ (Ary dos Santos) e ‘Balada da Rita’ (Sérgio Godinho). A Biblioteca Municipal preparou ainda algumas projeções e filmes dinâmicos que, em conjunto com o jogo de luz e cor, ajudaram a criar o ambiente propício para a partilha de poesia. Motivado pelo karaoke de poesia e pelas provocações da equipa a partir de algumas estratégias previamente preparadas, o público aderiu entusiasticamente e participou ativamente nas leituras dos seus poemas preferidos.

É de referir que, neste mês de março o tema escolhido pela Biblioteca foi a poesia, celebrando a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, criatividade e inovação. A data visava fazer uma reflexão sobre o poder da linguagem e do desenvolvimento das habilidades criativas de cada pessoa. A poesia contribui para a diversidade criativa, usando as palavras e os nossos modos de perceção. Será uma noite para relembrar poetas, poemas e músicos que usam a palavra de uma forma criativa e bela.

A iniciativa contou ainda com o apoio do Continente Mangualde e da Vinícola de Nelas S.A. 

 

MANGUALDE APOSTA NA CULTURA COM NOVO PROJETO: ‘AS SEXTAS DA LUA’

Com o objetivo de criar uma rotina cultural na comunidade, a Câmara Municipal de Mangualde, através da Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves, lançou o projeto: ‘AS SEXTAS DA LUA’. Este projeto vai permitir que, na última sexta- feira de cada mês, a comunidade se junte no café concerto, num ambiente acolhedor e intimista e que vivencie um momento cultural que envolve a palavra e a música. Cada noite vai ter um tema geral que vai servir de mote para diversas performances: escritores, dramatizações teatrais, performances de dança, leitura de textos em prosa ou poesia, entre outras formas de expressão, sempre com a música presente.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *