Cultura, Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Cortejo Histórico e Etnográfico retrata a evolução histórica da Póvoa de Lanhoso

Multidao saiu a rua 1 em 2014No próximo dia 22 de março, o Cortejo Histórico e Etnográfico de S. José volta a sair às ruas principais da Vila Povoense, prometendo atrair multidões. Este ano, o tema escolhido é a “Evolução Histórica do Concelho da Póvoa de Lanhoso”. O início está marcado para as 15h00.

Prevê-se a participação de 300 figurantes, ao longo de 23 quadros apresentados pelas 22 freguesias do concelho, num momento que tem vindo a assumir-se como um evento distintivo das Festas Concelhias. “Este é um momento importante que nos irá permitir fechar com chave de ouro as Festas, pois contamos com o envolvimento e empenho das nossas populações e dos nossos funcionários municipais num evento que é de todos”, salienta o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Manuel Baptista.

Como novidade, este ano, o Cortejo Histórico e Etnográfico de S. José vai ter a presença de uma figura muito especial, que será o primeiro padrinho deste evento, o jovem e conhecido cantor Zé Amaro. “Agradecemos ao nosso amigo Zé Amaro por ter aceitado apadrinhar este evento”, considera ainda o Presidente da Câmara Municipal.

Ao conjugar espetáculo com história, mas, acima de tudo, pelo particular envolvimento das freguesias, das suas instituições e associações, contribuindo decisivamente para o enraizamento das nossas tradições e para o conhecimento da história local, pode afirmar-se que o Cortejo de S. José está a tornar-se num nobre elo de ligação da nossa comunidade.

O quadro que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso vai representar é a Pré-História e o mesmo está a ser executado pelos funcionários municipais. Em termos de personagens, participarão não só trabalhadores da Autarquia e seus familiares, mas também jovens povoenses.

Para este ano de 2015, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso propôs o tema Evolução Histórica do Concelho da Póvoa de Lanhoso com o intuito de se fazer uma viagem no tempo, percorrendo os factos e os momentos mais marcantes e decisivos da nossa história local, permitindo que a população se inteire do rico e relevante passado histórico da terra que os viu nascer.

A viagem vai percorrer períodos como o Neolítico, a Idade do Ferro, a Romanização e a Idade Média, passando por épocas como a da fundação da nossa nacionalidade e o 25 de Abril, de entre outras.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *