Cultura, Santa Maria da Feira

Espetáculo original de Madalena Victorino homenageia três séculos de tradição papeleira em Santa Maria da Feira

EXPANDE_construçãoEXPANDE é a mais recente criação artística da coreógrafa Madalena Victorino e do músico Pedro Salvador para o Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira. Inspirado na tradição papeleira de Paços de Brandão, e tendo como palco os espaços do Museu do Papel, o espetáculo estreia dia 27 de fevereiro, às 21h30, integrando no elenco cerca de 40 pessoas da comunidade.

Partindo das “fibras” da história e das gentes locais, EXPANDE explora o passado ligado ao fabrico do papel e cria dinâmicas de futuro, através do som, da música e das palavras, complementares ao desenho coreográfico. “Um momento inesquecível de som e movimento”, revela a coreógrafa Madalena Victorino, que pretende “transformar o Museu do Papel num teatro de vida, de trabalho, de imagens de sonho e da cultura do território”.

 

EXPANDE é o culminar de uma residência artística de Madalena Victorino com crianças, jovens e adultos de Paços de Brandão, contando ainda com a participação de ex-trabalhadores da indústria do papel com ligações ao território. O espetáculo cruza a expansão corporal e o movimento com a magia do Espande, local de secagem do papel, situado no último piso das antigas fábricas de papel.

 

EXPANDE resulta de um convite do festival Imaginarius a Madalena Victorino, no âmbito da secção Imaginarius 365. Com música de Pedro Salvador, ritmos de Ruca Rebordão, luz de Joaquim Madaíl e energia coreográfica de Marta Coutinho, o espetáculo conta com a colaboração estreita com a DAO, CIRAC e Academia de Música de Paços de Brandão.

 

A Dança e a Música que respiram na Arte do Papel

 

Sabia que na vila de Paços de Brandão há uma biblioteca com mais de trezentos anos, que se compõe de livros muito grandes e cinzentos que aparentemente nada têm escrito? Sabia que esses documentos preciosos estão suspensos no tempo e no espaço da memória? Sabia que são feitos de fibra e de água?

Ao ler estes livros, descobrimos de que é feita a fibra que corre nas veias do povo desta terra. Com ela quisemos construir um momento que se E X P A N D E ! para o futuro. Um momento inesquecível de SOM e MOVIMENTO.

 

Espande é também o nome do lugar onde esta biblioteca descansa e, por isso, o título de um espetáculo de DANÇA e MÚSICA que usa a FIBRA que se esconde nos músculos do corpo, do pensamento e do coração de um elenco que fomos descobrir entre a população desta região.

EXPANDE | Informações

 

Espetáculos: 27 e 28 de fevereiro, às 21h30; 1 de março, às 19h00

 

Conversa com o elenco: 28 de fevereiro, às 17h00

 

Local: Museu do Papel Terras de Santa Maria, Paços de Brandão, Santa Maria da Feira

 

Entrada: gratuita

Reserva: obrigatória, através do e-mail pelouroctbm@cm-feira.pt

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *