Cultura, Sardoal

“A Fábrica de Nada” no Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal

Fabrica_de_Nada“A Fábrica de Nada” é a peça que subirá ao palco do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal, no próximo dia 21 de fevereiro, pelas 21h30m, integrada na IV Mostra de Teatro do GETAS.

Apresentada pelo Teatro Experimental de Mortágua (TEM), esta peça conta a história de uma fábrica que encerra, surgindo o desemprego, a insegurança e a procura de um novo sentido para a vida. Baseada num texto original de Judith Herzberg, é uma narrativa marcada pelo humor, o absurdo, a ironia, com ritmo e energia do princípio ao fim. Com encenação de Rafaela Santos, do elenco fazem parte: Tony Nobre, São Garcia, José Carlos, Anabela Jorge, Luís Coelho, Rita Nobre, Cristóvão Fernandes, Patrícia Lobo, Beatriz Lourenço, Ana Tomás e Gabriela Ferreira.

O TEM é uma das mais antigas e dinâmicas associações culturais do Concelho de Mortágua e mantém com empenho, qualidade e dedicação o seu Grupo de Teatro Amador em ação ininterrupta desde 1981, sendo um pólo de criação artística, de associativismo participado, de animação local e de formação de jovens atores.

A IV Mostra de Teatro do GETAS decorrerá até ao próximo mês abril, integrando a apresentação de cinco peças por grupos de teatro oriundos de todo o país. Com organização do GETAS – Centro Cultural, a Mostra conta com o apoio do Município Sardoalense, Fundação INATEL e Federação Portuguesa de Teatro Amador.

Os bilhetes para “A Fábrica de Nada” encontram-se à venda no Centro Cultural Gil Vicente, de terça a sexta-feira, entre as 16 e as 18 horas, e aos sábados, entre as 15 e as 18 horas. A sua aquisição pode ser feita até 45 minutos antes do início do espetáculo.

Mais informações em www.cm-sardoal.pt.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *