Póvoa de Lanhoso, Sociedade

Póvoa de Lanhoso aderiu ao projeto CarryOn – natural.mente.felize​s

CarryOn1A Autarquia da Póvoa de Lanhoso juntamente com mais 16 entidades com responsabilidade social na região procedeu à assinatura do protocolo de adesão ao projeto CarryOn – natural.mente.felizes.

A Vice-Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca, representou a edilidade Povoense na assinatura, que decorreu no emblemático Mosteiro de Tibães.

Este projeto tem como entidade promotora a Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem e como principais parceiras a Escola de Psicologia da Universidade do Minho, o Município de Braga e o Grupo de Ação Social Cristã.

O projeto CarryOn tem como objetivos desenvolver e implementar metodologias que contribuam de forma determinante para o processo de empoderamento de vítimas de violência doméstica, promovendo o seu bem-estar integral, a nível físico, psicológico e social; dinamizar ações de sensibilização sobre violência doméstica e prevenção da mesma, salientando a importância do estabelecimento de relações interpessoais baseadas na igualdade e no respeito mútuo; promover uma perspetiva integrada de cooperação entre diversas entidades com ação na gestão e governação, no apoio a vítimas e na intervenção na natureza; e capacitar técnicos para a integração de atividades baseadas nos serviços dos ecossistemas no processo de apoio a vítimas.

Este projeto afigura-se assim como sendo um instrumento inovador no apoio à capacitação e empoderamento de vítimas de violência doméstica, vindo desta forma também fortalecer a variedade de respostas dadas pelo SIGO – Serviço para a Promoção da Igualdade de Género dos Serviços de Ação Social e Saúde da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, o que coloca, uma vez mais, a Autarquia na vanguarda no apoio às vítimas de violência doméstica e seus familiares diretos, nomeadamente aos filhos e filhas, uma vez que o programa incide também junto dos/as mesmos/as.

Este é um projeto financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do EEA GRANTS. A assinatura dos protocolos decorreu no passado dia 31 de janeiro

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *