Lousã, Sociedade

Jovens da Lousã refletem e argumentam sobre bioética

BioeticaEPLNo passado dia 27 de janeiro, os jovens das Escolas Secundária e Profissional da Lousã, não ficaram indiferentes às questões controversas provocadas pela apresentação do “Manual de Bioética para Jovens”.

O manual da Fundação Jérôme Lejeune, traduzido e adaptado para Português pela Associação de Defesa e Apoio à Vida (ADAV) e pela Associação Famílias, aborda temas como o conceito de gravidez, o aborto, os diagnósticos pré-natal e de pré-implantação e suas consequências, a investigação com embriões humanos ou a eutanásia de pessoas. Temas que levaram os jovens a participarem ativamente nas sessões, quando confrontados com questões éticas e situações da vida real.

A apresentação decorreu de manhã na Escola Secundária e à tarde na Escola Profissional a cargo da Prof. Dra. Margarida Castel-Branco da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra e foi uma iniciativa promovida com o apoio de Rita Gonçalves, Presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica N.º2 da Lousã.

Este manual, disponível no site da ADAV e na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, pretende ser um contributo para descobrir o valor e a dignidade de cada ser humano.

O livro, que já tinha sido apresentado na biblioteca em outubro de 2014, foi oferecido pela ADAV aos jovens interessados em refletir sobre a sua responsabilidade perante a proteção da vida humana.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *