Castro Marim, Sociedade

Mito Algarvio inaugura sede social em Altura, Castro Marim

3 Aniversario Mito AlgarvioEste domingo, numa cerimónia presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral, foi inaugurada a sede social da Mito Algarvio – Associação de Acordeonistas do Algarve, na antiga escola primária do Barrocal, em Altura. Na fachada pode agora ver-se um painel de azulejos, da autoria do artista plástico Carlos Luz, com o rosto de Eugénia Lima, a rainha do acordeão.

Na cerimónia marcaram também presença a diretora regional da Cultura, Alexandra Gonçalves, o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, o delegado regional da Fundação Inatel, Francisco Paulino, o presidente da Assembleia Municipal, José Luís Domingos, e a presidente da Junta de Freguesia de Altura, Nélia Mateus.

“Este é um dia histórico para todos os acordeonistas. Queremos construir aqui algo que honre o acordeão e dignifique o povo algarvio e, ao mesmo tempo, que os futuros acordeonistas vejam em nós uma entidade que os defende”, declarou o professor de Música e presidente da Mito Algarvio, João Pereira, agradecendo também ao presidente da câmara municipal a cedência do espaço para sede da associação.

A diretora regional da Cultura, Alexandra Gonçalves, também louvou a nova sede da Mito Algarvio, “um espaço lindíssimo, onde estará perpetuado um pouco da alma algarvia. O acordeão faz parte das nossas raízes, é um património que temos de preservar e salvaguardar. Há projetos que têm internacionalizado o acordeão fora de portas e uma das formas de o fazer é mostrá-lo aos turistas que nos visitam”, assegurou.

“Hoje a Associação de Acordeonistas do Algarve tem a sua própria casa e é um dia de grande regozijo e alegria para todos. Quando o João Pereira me falou da necessidade de encontrar um espaço para sede da associação, acarinhei de imediato a ideia e quis envolver-me na solução, tal como os meus amigos Carlos Luz e Carlos Correia, que, com as suas obras, valorizaram esta sede. Hoje estamos a fazer história no Algarve e, conhecendo as pessoas desta associação, sei que este vai ser um espaço aberto, dinâmico, de que os algarvios se irão orgulhar para bem da cultura, da música, do turismo e do desenvolvimento”, terminou o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.

A cerimónia de inauguração da nova sede terminou com um momento musical dos acordeonistas João Frade, campeão do mundo, Emanuel e Simone Marçal, mas as comemorações do 3º aniversário da Mito Algarvio não se encerraram aqui. Centenas de pessoas participaram num almoço de gala, ao qual se seguiu o Festival Internacional de Acordeão, que teve a participação especial do prestigiado acordeonista francês Michael Sapateado, a par de uma plêiade de grandes acordeonistas nacionais, tais como João Filipe Guerreiro (vice-campeão do mundo), Acordeões em Sintonia, Jéssica Guerreiro (vencedora do concurso rainha do acordeão da RTP), Manuel Guerreiro Matias, Fernando Inês, Daniel Silva, João Sabóia, Pedro Constâncio e Rui Briceño.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *