Sociedade, Torres Vedras

Conservação dos Sistemas Dunares em Torres Vedras

DunasO vice-presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, anunciou ontem em conferência de imprensa um reforço do investimento da autarquia para a preservação de praias e sistemas dunares do litoral do Concelho de Torres Vedras, que contabiliza 125 hectares de área de dunas.

Os sistemas dunares assumem um papel fundamental na proteção do meio terrestre, evitando as consequências da subida do mar, destruição de infraestruturas humanas e abrasão marítima das falésias, daí a necessidade de sensibilizar a população para a preservação e recuperação destes sistemas.

Neste sentido, a autarquia iniciou em 2005 um importante trabalho, que representou um investimento total de 153 mil euros, para salvaguarda do equilíbrio ecológico do sistema dunar de Santa Rita e que se materializou nas seguintes intervenções:

 

– Redimensionamento do parque de estacionamento existente (2005);

– Instalação de cerca em madeira que impede a aproximação de veículos (2005);

– Construção de duas passadeiras pedonais em madeira para controlo de acessos e controlo de pisoteio (2007);

– Definição da totalidade do perímetro da área com recurso a vedação com rede e paus (2009);

– Nova passadeira pedonal de acesso à praia por se ter verificado insistentemente a vandalização da vedação (2010);

– Passadiço pedonal entre a praia de Santa Rita Norte e Santa Rita Sul (2011);

– Recuperação da totalidade do perímetro da área da vedação (2014).

Com estas intervenções foi já possível verificar a fixação de espécies vegetais pioneiras e aumento da reposição das areias.

O espaço dunar entre a Praia Azul e a Foz do Sizandro será a próxima zona a ser intervencionada, com ações previstas a curto prazo para a recuperação de aproximadamente 3,5 hectares de sistema dunar, com vimes, vedações e plantação de espécies, o que representará um investimento previsto de 33.500 euros.

De realçar que a Câmara Municipal de Torres Vedras colocou ainda placas sinalizadoras a informar os cidadãos da proibição de circulação/estacionamento junto dos sistemas dunares (estacionamento sob pena de aplicação de coimas dos 250 a 30 mil euros).

Outro objetivo subjacente à realização desta conferência de imprensa foi o de chamar a atenção de toda a população para a necessidade de proteger este património natural que é de todos, uma vez que há pessoas que insistem em praticar desportos motorizados em zonas protegidas, por exemplo. As forças de segurança, representadas nesta ação pelo Capitão Mário Pinto (Cmdt. Destacamento Territorial da GNR de Torres Vedras) e 1.ª Sargento Rodrigues (Cmdt. Do Posto  de Santa Cruz), têm um papel preponderante na sensibilização das populações, bem como na fiscalização das mesmas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *