Celorico de Basto, Sociedade

Embaixador do Luxemburgo em Lisboa visitou Celorico de Basto em dia de feriado

_DSC1264Paul Schmit, Embaixador do Luxemburgo em Lisboa, foi recebido, no dia 8 de dezembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, numa cerimónia, logo após a assinatura do livro de honra.

Segundo o autarca local “trata-se de um momento marcante que permitirá um incremento e reforço do intercâmbio social, cultural e económico, sobre vários pontos de vista, resultando num aproveitamento mais profícuo entre as comunidades ”. Referiu ainda que existem laços profundos que unem os dois países com uma grande comunidade de portugueses no Luxemburgo, com destaque para a consolidação da geminação entre Celorico de Basto e o município e wiltz no ano de 2006.

Joaquim Mota e Silva salientou a importância de fortificar as relações com as comunidades e defender os interesses bilaterais. Ao mesmo tempo, reforçou o regozijo de receber o Embaixador do Luxemburgo e de lhe poder mostrar um dos ex-libris culturais do concelho, a Biblioteca Municipal Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

O Embaixador do Luxemburgo agradeceu a receção calorosa e destacou o facto de 1/5 da população do Luxemburgo ser de origem portuguesa, alguns com dupla nacionalidade, fruto sobretudo, da emigração dos anos 60 e 70. No entanto, durante o seu discurso, Paul Schmit, não pode deixar de reforçar a importância de consultar as embaixadas quando se pretende emigrar. “ Os problemas resultantes da crise atingem todos os países e o Luxemburgo não é exceção. Por isso, peço às pessoas que tencionam emigrar que se informem nas embaixadas sobre o país, as oportunidades de emprego, as dificuldades de fixação, a educação, a saúde, que não partam com base em ilusões”, disse.

Terminada a receção nos Paços do Concelho, a comitiva presente seguiu para a Biblioteca Municipal onde foram trocadas algumas lembranças entre o presidente da Câmara Municipal e o Embaixador do Luxemburgo, com destaque para o livro do Luxemburgo que contou na tradução, para português, com a colaboração do patrono da Biblioteca Municipal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Paul Schmit mostrou-se impressionado com a quantidade de espólio documental e a raridade de alguns documentos expostos na Biblioteca Municipal.

A receção contou com uma série de individualidades com destaque para o Diretor Regional da Agricultura e Pescas do Norte, Manuel Cardoso, com fortes ligações ao Luxemburgo. Marcaram ainda presença o presidente da Assembleia Municipal, António Marinho Gomes, o vereador da Cultura, Fernando Peixoto, os presidentes de Junta de Freguesia do concelho e a comunidade local.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *