Cultura, Montijo

Ordens Militares em conferência no Montijo

Conferência (2)No dia 6 de dezembro, no auditório da Galeria Municipal, decorreu mais uma sessão do ciclo de conferências comemorativo dos 500 Anos do Foral de Aldeia Galega. Fernanda Olival, diretora do Centro Interdisciplinar de História, Cultura e Sociedade da Universidade de Évora, abordou o tema “As ordens religiosas, a sociedade e o poder local – séculos XVI a XVIII”.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, foi o anfitrião do evento e recordou que o ciclo de conferências traz ao Montijo “especialistas em História para apresentarem a sua perspetiva e reflexão sobre os aspetos identitários do Montijo”.

O autarca realçou, ainda, que “as ordens militares em Portugal foram, sem dúvida, marcantes para o desenvolvimento das sociedades medievais. O Montijo foi influenciado pela Ordem Militar de Santiago o que, ainda hoje, podemos confirmar na verga da porta do Moinho de Maré do Cais”.

Fernanda Olival fez uma abordagem global sobre as ordens militares e a sua influência na vida local, classificando-as como “instituições muito poderosas. Existiram em Portugal até muito tarde, foram extintas apenas em 1834, e por isso é muito interessante a sua influência na sociedade portuguesa”.

Ao longo da sua intervenção, a conferencista abordou as diferentes ordens militares existentes em Portugal entre os séculos XVI a XVIII, a sua organização, importância na sociedade e a sua evolução funcional: “instituições militares criadas para combater no intuito de defender e expandir a fé”, que ao longo dos séculos foram perdendo o seu perfil bélico, alegando que eram instituições “para a defesa e não para a guerra ofensiva”, afirmou Fernanda Olival.

A próxima conferência do ciclo comemorativo dos 500 anos do Foral de Aldeia Galega terá lugar no dia 17 de janeiro de 2015, com a sessão “Aldeia Galega do Ribatejo: a vida quotidiana há 500 anos” por João Costa, do Centro de Estudos Históricos & Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *