Cultura, Marinha Grande

Museu do Vidro na Marinha Grande celebra 16 anos

AniversarioMuseuVidro2014_FlyerO Museu do Vidro, situado no Jardim Stephens, no centro tradicional da Marinha Grande, comemora o seu 16o aniversário, através de um programa de atividades destinado às famílias, que decorre nos dias 13 e 14 de dezembro. A participação é gratuita.

Neste âmbito, a Câmara Municipal da Marinha Grande apresenta um conjunto de atividades que, ao longo de dois dias, animarão o Museu do Vidro e que têm como objetivo divulgá-lo junto das crianças do concelho, seus familiares e professores.

A comemoração do aniversário integra visitas às oficinas de fabrico manual de vidro, ateliês infantis de produção de peças artísticas em vidro, espetáculos de dança e exposições no Museu do Vidro e Núcleo de Arte Contemporânea.

O programa de comemoração do 16º aniversário do Museu do Vidro é o seguinte:

 

COMEMORAÇÕES DO 16.º ANIVERSÁRIO DO MUSEU DO VIDRO

Nos dias 13 e 14 de dezembro, a entrada no Museu do Vidro é gratuita.

 

Dia 13 de dezembro . SÁBADO

 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Oficinas do Museu do Vidro

Demonstrações de fabrico e decoração de vidro ao vivo

 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Estúdio Poeiras Glass

Demonstrações de fabrico de vidro soprado ao vivo

 14h30 . Serviço Educativo do Museu do Vidro

Ateliê de vidro – Construção de uma árvore de Natal em vidro, dinamizado pela Bubble Glass Solutions

Público-alvo: Crianças dos 6 aos 12 anos

Participação limitada ao número de inscrições, através do email serviço.educativo@cm-mgrande.pt

16h30 . Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro

Inauguração da exposição “European Glass Experience”

Patente até 22 de fevereiro 2015

Horário: Terça a domingo, das 10h00 às 18h00

 

Sinopse:

O European Glass Experience (EGE) é um projeto europeu dedicado à arte contemporânea em vidro e seus criadores. O seu principal objetivo é a promoção da arte, do design e do fabrico do vidro como património cultural imaterial que deve ser salvaguardado, promovido e divulgado.

Coordenado pela cidade de Veneza, em colaboração com o Consorzio Promovetro Murano, o EGE é cofinanciado pela União Europeia e foi lançado em 2013. Tratou-se de uma competição destinada a jovens artistas europeus com menos de 40 anos de idade.

Um júri internacional constituído por diretores de museus, curadores e especialistas da área do vidro da Itália, Alemanha, Reino Unido, Polónia, Finlândia e Espanha, sob a direção de Cornelia Lauf, selecionou um conjunto de 40 obras de arte em vidro e 38 projetos, que representam a arte contemporânea do vidro em 17 países europeus. Alguns dos melhores projetos serão realizados em vidro nos fornos de Murano por mestres vidreiros associados à Promovetro.

Estas obras, bem como os projetos, fazem parte da exposição itinerante European Glass Experience, que teve início em março de 2014 no Suomen Lasimuseo em Riihimäki, Finlândia (Museu do Vidro da Finlândia), tendo depois viajado para Espanha, onde foi apresentada até novembro de 2014 no Museo Tecnológico del Vidrio em La Granja, Segóvia, Espanha.

Antes de seguir para Veneza, Itália, onde será apresentada na totalidade, na primavera de 2015, no Museo de Vetro – Murano, parte da exposição vem a Portugal, e será exibida no Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro, até fevereiro de 2015.

Estão ainda previstas a realização de outras apresentações nomeadamente no Muzeum Vitrazu, Stained Glass Museum, em Cracóvia, Polónia, no International Festival of Glass em Strourbridge, Inlaterra e na Glass Factory em Boda Glasbruk, na Suécia.

 

Promotor:

Câmara Municipal da Marinha Grande – Museu do Vidro

 

Parceiros:

City of Venice, Itália

Consorzio Promovetro Murano, Itália

Museo del Vetro, Murano, Itália

Finnish Glass Museum, Riihimaki, Finlândia

Fundación Centro Nacional del Vidrio, La Granja, Segóvia, Espanha

 

Parceiros Associados:

Muzeum Witrazu (Stained Glass Museum) Cracóvia, Polónia

International Festival of Glass, Stourbridge, Inglaterra

Glass Factory, Boda Glasbruk, Suécia

Museu do Vidro – Câmara Municipal da Marinha Grande, Marinha Grande, Portugal

 

17h30 . Edifício da Resinagem

Visita ao estúdio Poeiras Glass – Demonstrações de fabrico de vidro soprado ao vivo

 

21h30 . Casa da Cultura – Teatro Stephens

Espetáculo de dança “Muito Chão”, pela Companhia de Dança de Almada

Sinopse:

“Muito Chão” encerra a trilogia de comemoração dos trinta anos de carreira do bailarino e coreógrafo Benvindo Fonseca. Dela fazem parte as peças “Edzer” (África), “Casa do Rio” (Portugal) e por fim, “Muito Chão” (Índia).

A Companhia de Dança de Almada, dirigida por Maria Franco, é uma companhia profissional de dança contemporânea, residente em Almada, que iniciou a sua atividade em 1990.

Ficha artística e técnica:

Coreografia e pesquisa musical e de vídeo: Benvindo Fonseca

Música: Carlos Mil-Homens (tema original), Amadeus Mozart, Edward Elgar, Remember Shakti, Ravi Shankar, Thukunulu Churhah & Vetalhulu Sapu, Henry Purcell, António Chainho

Cenário: Carmo Garcia

Figurinos: Fauze El Kadre

Desenho de luz: Cláudia Rodrigues

Interpretação: 8 bailarinos

Interpretação de música ao vivo: Carlos Mil-Homens ou Sebastian Scheriff

Sonoplastia e videoplastia: José Pacheco

Direção Artística: Maria Franco

Coprodução: Forum Municipal Luísa Todi e Teatro de Vila Real

M/ 6 anos

 

Dia 14 de dezembro . DOMINGO

10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

Oficinas do Museu do Vidro

Demonstrações de fabrico e decoração de vidro ao vivo

 

10h00-13h00 e das 14h00 às 18h00 | Estúdio Poeiras Glass

Demonstrações de fabrico de vidro soprado ao vivo

 

16h00 | Casa da Cultura – Teatro Stephens

Espetáculo de dança “Re.ligações”, pela Companhia de Dança de Almada

Sinopse:

Procurando fazer renascer o interesse por um tipo de atividade que reforça os laços familiares e comunitários e contribuir para o equilíbrio emocional das pessoas, “Re●ligações” pretende recriar uma vivência comunitária e ecológica sadia, através de um percurso pelas diversas fases do ciclo agrícola tradicional.

Ficha artística e técnica:

Coreografia e pesquisa musical: Rita Judas

Cocriação e interpretação: Beatriz Rousseau, Daniela Andana, Joana Puntel, Mariana Romão, Nuno Gomes, Bruno Duarte, Miguel Santos e Luís Malaquias

Desenho de luz: Cláudia Rodrigues

Figurinos: Fab Dance Knitwear, Companhia de Dança de Almada

Cenografia: Francisco Araújo

Sonoplastia: Carlos Gomes

Assistente de coreógrafa e ensaiadora: Maria João Lopes

Direção artística: Maria Franco

M/ 6 anos

 

17h30 | Edifício da Resinagem

Visita ao estúdio Poeiras Glass – Demonstrações de fabrico de vidro soprado ao vivo

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *