Celorico de Basto, Sociedade

Dia Internacional do Portador de Deficiência comemorado em Celorico de Basto

_DSC0876“Assinalar este dia não é mostrar a diferença, pelo contrário, é promover a igualdade”

Celorico de Basto deu grande enfoque ao Dia internacional do Portador de deficiência com um workshop designado “A igualdade que há em cada diferença”, que decorreu no dia 03 de dezembro, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários Celoricenses.

“Assinalar este dia não é mostrar a diferença, pelo contrário, é promover a igualdade. Numa sociedade cada vez mais exigente, as pessoas que precisam de uma atenção especial devem ser vistas de forma igual onde lhe devem ser facultadas todas as condições para poderem mostrar o melhor de si, com toda a dignidade. Temos o dever de agir em benefício do progresso daqueles que mais precisam sempre em comunhão e parceria com as instituições e entidades, em espirito fraterno” disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva, na cerimónia de abertura. O autarca salientou ainda a necessidade de se focarem naquilo que é realmente importante. “Com toda a racionalidade é imperativo uma abordagem no que realmente é importante fazer”.

A cerimónia teve como principal interveniente o Provedor Intermunicipal do Cidadão com Deficiência da CIM-TS, Fernando Peixoto, que moderou o primeiro painel tendo feito alusão ao trabalho promovido pela autarquia de Celorico de Basto no que respeita à acessibilidade para todos. “A minha função principal centra-se, dentro das minhas possibilidades, em atuar para que as pessoas portadoras de deficiência tenham hipóteses de vida igualitárias com direitos consagrados como a acessibilidade aos diferentes edifícios. Eu, apesar das minhas limitações físicas, nunca me senti excluído, pelo contrário, e quero e tudo farei para trabalhar o melhor possível em prol da inclusão. Na generalidade os principais problemas são as barreiras arquitetónicas, para todas as deficiências, a integração no mercado de trabalho e ainda a integração plena na sociedade”, referiu o provedor.

No sentido das palavras do provedor destaque para o Plano Municipal de Promoção de Acessibilidade para todos – “Design for all”.

O Workshop foi dividido em dois painéis. O primeiro referente à “Família e Escola” e contou com as intervenções do representante do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, Luís Lopes, de um Cuidador/ Família de Acolhimento, António Marinho, e do presidente da Associação de Pais e Portadores de Trissomia 21, Paulo Pinto.

O segundo painel designado “Inclusão na Comunidade” foi moderado pela coordenadora da Ação Social e Saúde da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Helena Martinho, tendo como convidados o coordenador do projeto Rampa do Município, José Peixoto Lima que reforçou a cuidado a ter nas novas construções criando acessibilidades para todos, e ainda, a vice-presidente da Associação de Solidariedade Social de Basto, Marlene Silva, e o presidente da Junta da União de Freguesias de Veade, Gagos e Molares.

Os dois painéis contaram com testemunhos de cidadãos portadores de deficiência que retrataram as dificuldades e a barreiras que têm vindo a ultrapassar ao longo dos anos onde se denota, cada vez mais, o respeito pela diferença, sem exclusão mas com inclusão.

Recordar que um dos pontos mais comoventes da sessão decorreu entre o primeiro e o segundo painel com a intervenção dos utentes do CAO, Centro de Atividades Ocupacionais de Celorico de Basto, que, com o apoio dos técnicos da instituição, dançaram ao som da música da Mariza “ o tempo não para”, tendo sido aplaudidos, de pé, pela plateia presente.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *