Cultura, Reguengos de Monsaraz, Turismo

Reguengos de Monsaraz vai integrar o Cante Alentejano nas iniciativa​s da Cidade Europeia do Vinho 2015

CanteO Município de Reguengos de Monsaraz vem expressar a sua satisfação pela proclamação do Cante Alentejano como Património Imaterial da Humanidade da UNESCO. Reguengos de Monsaraz é um concelho com fortes tradições no Cante Alentejano e tem atualmente quatro grupos corais, nomeadamente o Grupo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz, Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz, Grupo Coral Os Bel’Aurora e Grupo Coral Gente Nova de Campinho.

A autarquia inaugurou no ano passado a Casa do Cante, um espaço que visa a promoção, exaltação e estudo do Cante Alentejano e que é também um local para ensaios e atuações de todos os grupos corais do concelho. Na Casa do Cante há uma área interpretativa sobre o Cante Alentejano e um auditório com estúdio para gravações de cd’s para os grupos corais. Os turistas e todos os visitantes deste espaço poderão conhecer o Cante Alentejano, participar em ensaios dos grupos corais e levar um registo em cd ou em dvd dessa experiência.

Em julho, Monsaraz recebe há cerca de uma década a Festa do Cante nas Terras do Grande Lago. Um encontro de grupos corais que cantam pelas ruas da vila medieval e que termina com uma gala de exaltação do Cante Alentejano.

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, considera que “a classificação do Cante Alentejano pela UNESCO representa o reconhecimento internacional de uma tradição e de um património ancestral desta região e do seu povo. Esta distinção é fundamental para a divulgação, preservação e salvaguarda do Cante Alentejano, uma forma de expressão musical única e genuína que orgulha os alentejanos”.

O autarca referiu que “durante o próximo ano, Reguengos de Monsaraz vai ser a Cidade Europeia do Vinho, pelo que o Cante Alentejano será integrado nas iniciativas e divulgado junto de todos os participantes nacionais e estrangeiros. Vão ser colocadas faixas comemorativas da classificação desta arte pela UNESCO nos Paços do Município e nas freguesias do concelho, uma forma da autarquia felicitar todos os grupos corais, em especial os do concelho de Reguengos de Monsaraz e todos os seus cantadores que continuam a divulgar a nossa cultura pelo mundo”.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *