Cultura, S. João da Madeira

Apresentaç​ão de ivro que quebra preconceit​os sobre paralisia cerebral em S. João da Madeira

Capa e etiquete livro Por acaso_JPGTudo começou com uma parceria que juntou a empresa sanjoanense IMOA – Clothing for All com a Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC). Daí resultou o recente livro “Por Acaso”, escrito pela jornalista e pivô de informação da RTP Fátima Araújo. Esta publicação, da Apuro Edições, é apresentada na Biblioteca Municipal de S. João da Madeira, neste sábado, 22 de novembro, numa sessão, com entrada gratuita, que contará com a participação da autora e que inclui a atuação do grupo de canto Ensemble Vocal.

A empresa IMOA nasceu este ano em S. João da Madeira e produz roupas inclusivas, suscetíveis de serem usadas por todas as pessoas, independentemente de terem ou não deficiência e incapacidade física. No âmbito da sua atividade, a empresa testou modelos de vestuário em voluntários da APPC e quis dar visibilidade à causa da paralisia cerebral através da publicação de um livro.

O convite foi dirigido a Fátima Araújo, que aceitou o desafio, escrevendo uma grande reportagem jorna­lística sobre cinco jovens portugueses com Paralisia Cerebral que, não obstante as suas limitações físicas, são casos de sucesso, de empreendedorismo social e laboral, de integração social bem-sucedida, de autoa­ceitação e de autossuperação.

Os exemplos abordados contribuem para desmistificar clichés e preconceitos que a sociedade continua a ter em relação aos deficientes, jovens exemplos de perseverança e exemplos de pes­soas úteis e válidas. “Por Acaso…” abraça, assim, uma causa solidária, tanto mais que 1 euro da venda de cada exemplar reverte a favor da APPC.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *