Saúde

Fórum da Rede de Cidades Saudáveis debate desigualdades em saúde

PROGRAMA A4O V Fórum de Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis, associação de municípios que o Seixal preside, realiza-se no dia 14 de novembro, sexta-feira, na Escola Profissional do Montijo, este ano sobre o tema As Desigualdades em Saúde e o Planeamento Saudável.
O evento inclui sessões sobre a crise e as desigualdades em saúde, sobre o quadro comunitário de apoio Saúde 2020 e sobre o planeamento para uma cidade saudável.
O Fórum da Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis é um local de partilha de experiências e definição de estratégias locais de promoção da saúde e da qualidade de vida das populações.
A entrada é grátis mediante inscrição, que pode ser efetuada até ao dia 11 de novembro, em redecidadessaudaveis.com.

 

Programa

9.30 horas – Sessão de abertura

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo

Joaquim Santos, presidente do Conselho de Administração da Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis

Paulo Macedo, ministro da Saúde * a confirmar

 

10 horas – Sessão Plenária

A Crise e as Desigualdades em Saúde

Moderador: João Afonso, vereador da Câmara Municipal de Lisboa

O Estado da Saúde em Portugal

Francisco George, diretor geral da Saúde*

Saúde, Sociedade e Democracia em Tempos de Crise

Constantino Sakellarides, Fundação Serviço Nacional de Saúde

 

11 horas – Pausa para café

 

11.20 horas – Continuação dos trabalhos

O Papel das Cidades Saudáveis na Implementação da Saúde 2020 e o Novo Quadro Comunitário de Apoio

Agis Tsouros, diretor do Projeto Cidades Saudáveis no Gabinete Regional para a Europa da Organização Mundial de Saúde

 

11.40 horas – Debate

 

12.30 horas – Pausa para almoço

 

14 horas – Sessão Plenária

Os PDM de 2.ª Geração como Oportunidade para a Construção de Cidades Saudáveis

Moderador: Marlene Rodrigues, vereadora da Câmara Municipal de Oeiras

O Compromisso dos Instrumentos de Gestão Territorial com a Saúde da Comunidade

Paula Santana, geógrafa e professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Do PDM de 2.ª Geração ao Planeamento em Saúde no Município de Lisboa

Maria Teresa Craveiro, Câmara Municipal de Lisboa

Un Ejemplo de Planeamiento Saludable en Barcelona: los Programas Ley de Barrios y Salud en los Barrios

Ferran Daban, Servicio de Programas e Intervenciones Preventivas de la Agència de Salut Pública de Barcelona

 

15 horas – Debate

 

15.45 horas – Pausa para café

 

16 horas – Encerramento

José Maria Costa, presidente da Assembleia Intermunicipal da Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis

Assinatura da Declaração de Compromisso dos Municípios Saudáveis

“A Crise e as Desigualdades em Saúde”

Artigo AnteriorPróximo Artigo

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *