Castro Marim, Sociedade

1ª Festa da Safra homenageia salineiros em Castro Marim

Festa da Safra e Expo Histórias de SalA Casa do Sal, em Castro Marim, acolheu na passada sexta-feira, dia 31 de outubro, a 1ª Festa da Safra. Com casa cheia e a presença de muitas entidades e trabalhadores ligados à atividade salineira, foi também inaugurada a exposição fotográfica coletiva “Histórias de Sal”, promovida pela Associação ¼ Escuro, com a colaboração do Taller de Fotografia de Lepe (Espanha), do Clube de Fotografia de Guérande e do Clube de Fotógrafos de La Baule (França).

A vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Castro Marim, Filomena Sintra, fez as honras da casa e manifestou um sincero agradecimento à Associação ¼ Escuro, que se disponibilizou e responsabilizou por esta nova exposição da Casa do Sal, patente até ao mês de abril do próximo ano. São, no seu conjunto, 45 autores e as mais variadas interpretações e histórias de “vidas de sal”.

“Esta festa, esta exposição, a Casa do Sal, nada disto existiria se não fossem os salineiros, com o seu saber milenar, determinante na formação da paisagem, hoje também nosso grande património. Queremos que se sintam valorizados e queremos contribuir para a dignificação desta profissão, que é tantas vezes esquecida enquanto fator determinante na valorização da flor de sal e sal tradicional”, sublinhou a vereadora da Câmara Municipal, expressando o orgulho castromarinense, profundamente ligado à imagem do sal.

Castro Marim é, atualmente, o núcleo mais representativo da salicultura tradicional, não só por ser uma unidade geográfica bem definida, mas também porque aqui persiste a maior comunidade de salinicultores artesanais.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *