Economia, Estarreja, Sociedade

Maputo, Quissico e Estarreja estabelecem cooperação

Mocambique_bma_0073ssLiderada pelo Presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango, e pelo Presidente do Município de Quissico, Abílio Paulo, a delegação moçambicana está de visita ao Município de Estarreja.

A comitiva foi recebida pelo Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, na última quinta-feira, no Edifício dos Paços do Concelho, seguindo-se uma visita ao Eco Parque Empresarial (EPE) e um Encontro com Empresários na Área Social e de Negócios onde foram apresentadas as potencialidades do EPE. O encontro foi também propício a contactos informais dos agentes locais com a delegação moçambicana, representando uma mais-valia para o mundo empresarial local

Diamantino Sabina fez um balanço positivo no final do evento falando de “uma aposta claramente ganha” onde foi possível “transmitir a nossa realidade e estreitar as relações internacionais e diplomáticas”. Num cenário de aprendizagem e transmissão mútua de conhecimentos, o autarca espera que novas oportunidades se abram, que “a semente fique plantada e germinem futuros negócios para pessoas de Estarreja e da região”.

A Câmara Municipal faz “por estabelecer estas relações internacionais em prol do desenvolvimento do concelho da região e do país. Em Estarreja olhamos pelas nossas terras e pelo desenvolvimento económico”, declarou o autarca

Maputo é a capital da República de Moçambique, sendo a maior cidade moçambicana e “a porta de entrada com localização privilegiada”, refere o presidente do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, David Simango. Esta tem sido uma “oportunidade excelente para celebrarmos a amizade que une os dois povos das três cidades e envolver mais atores no desenvolvimento dos nossos países, nomeadamente o setor empresarial”.

O recém-criado município de Quissico situa-se na província de Inhambane. Para o seu Presidente, Abílio Paulo, é “muito importante esta troca de experiência, estamos a reforçar os laços de cooperação, amizade e trabalho”. Quissico é um “município virgem, tem todas as áreas para explorar”, destacando-se o turismo, o comércio e a agricultura

Promovida pela Associação Cultural Luso-Moçambicana, com o apoio da Câmara Municipal e SEMA – Associação Empresarial, esta visita oficial e de trabalho tem como objetivos estreitar laços culturais, sociais e económicos, assim como promover as relações comerciais externas e de cooperação.

Portugal é um dos países que mais investe em Moçambique e dos que mais emprego cria no país africano. As empresas de Estarreja também já se posicionam nesse mercado. “Algumas já lá estão a trabalhar bem e com sucesso” como são os casos da Prozinco ou da Tensai e o Encontro com Empresários constitui “um princípio para que muitas outras se entusiasmem”, afirmou o presidente da SEMA, José Teixeira Valente, mostrando-se esperançado nas “intenções que possam surgir”

Para o responsável pela associação empresarial, a ação realizada na Área Social e de Negócios pode também servir de estímulo ao investimento moçambicano no parque empresarial gerido pela Câmara Municipal de Estarreja, e nessa medida quer “ver empresas moçambicanas a virem para cá. Este intercâmbio só é útil e benéfico para todos se for para os dois lados”.

Interessado em estabelecer transações comerciais com Moçambique, Luis Garrido, da empresa António Maria Sardo, da Murtosa, foi um dos empresários presentes na sessão. Considera muito positiva a realização do evento onde foi possível “estabelecer alguns contactos” que não conseguiria de outra maneira, “a não ser que vá lá ao terreno o que tens custos acrescidos”. O empresário enaltece a realização do encontro e o acesso às entidades presentes “que nos farão chegar alguns contactos importantes”, disse.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *