Cultura, Póvoa de Lanhoso, Turismo

Póvoa de Lanhoso assinalou Dia Mundial do Turismo e Jornadas Europeias do Património

Tarde de jogos tradicionais 3A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e a Associação de Turismo promoveram um conjunto de iniciativas com vista a assinalar as Comemorações do Dia Mundial do Turismo e das Jornadas Europeias do Património.

“O objetivo passou pela sensibilização dos Povoenses para duas realidades distintas, mas complementares: o património e o turismo. E a adesão foi significativa, com o seu envolvimento nos jogos tradicionais, que fazem parte do imaginário dos mais idosos”, considerou o Vereador para a Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Armando Fernandes. “Esta é, claramente, uma iniciativa para manter e, até, valorizar nos próximos anos. Os técnicos da autarquia e da Associação de Turismo da Póvoa de Lanhoso foram incansáveis na sua promoção e merecem o nosso reconhecimento”, salientou ainda.

No domingo, dia 28 de setembro, cerca de 300 pessoas participaram nos jogos tradicionais propostos, na praça Engenheiro Armando Rodrigues, na Vila. Relembrar e manter vivas as atividades, jogos e brincadeiras, que herdámos dos nossos antepassados, foi o objetivo. A população anónima marcou presença assim como um grupo de utentes da IPSS do concelho ASSIS. Entusiasmados experimentaram todos os jogos.

Num ambiente de alegria e de festa, durante toda uma tarde, praticaram-se jogos de antigamente, que muitos tiveram a oportunidade de reviver e ao mesmo tempo invocar memórias: Corrida de Sacos, Jogo do Galo na Toca, Jogo do Burro, Jogo do Coelho, Jogo do Lenço, Saltar à Corda e Jogo do Eixo, de entre muitos outros.

A abertura dos Jogos Tradicionais coube ao Grupo de Percussão da Associação Juvenil da Junta de Freguesia de Vilela, que, com o seu ritmo e boa disposição, animou todos os presentes. Foi uma tarde em que a prática dos jogos tradicionais propiciou a expressão da alma popular e tradicional das gentes das terras de Lanhoso.

No sábado, dia 27 de setembro, as pessoas que passaram pela sede da Associação de Turismo puderam degustar infusões biológicas com plantas provenientes do Centro de Interpretação do Carvalho de Calvos. No Posto de Turismo, os visitantes receberam um brinde (marcador de livro com imagens alusivas ao património concelhio). À noite, no Theatro Club, todos os presentes ficaram deslumbrados com “Conversas – O fado entre nós” do Grupo de Fados e Serenatas da Universidade do Minho.

Naqueles dois dias, as entradas no Núcleo Museológico do Castelo de Lanhoso foram gratuitas e a Igreja de Nossa Senhora do Pilar esteve aberta para visitas.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *