Economia, Seia

Áreas empresariais do Concelho de Seia mais competitivas

A Câmara Municipal de Seia reuniu com os empresários dos espaços industriais e empresariais, geridos pelo Município, no sentido de recolher os seus contributos, tendo em vista a melhoria daquelas áreas: o Espaço Empresarial da Abrunheira (Vila Chã) e o Pólo I da Zona Industrial de Seia, que a autarquia quer tornar mais atrativos e concorrenciais.

O encontro decorreu numa altura em que se encontra em curso o processo de Revisão daqueles dois espaços industriais e de localização empresarial do concelho.

O Plano de Pormenor da Zona Industrial de Seia – Pólo I, abrange a área da cidade conhecida como “Zona Industrial de Seia” compreendida entre a Ponte de Santiago e a rotunda com a Estrada de Quintela e encontra-se em vigor desde Junho de 2002.

Filipe Camelo, o Presidente da Câmara, considera “tratar-se de uma área de grande importância económica de Seia onde se concentra uma parte relevante dos postos de trabalho e da atividade empresarial concelhia, razão pela qual é fundamental intervir no sentido de criar as melhores condições para promover o desenvolvimento económico e a qualidade urbana”.

O autarca recorda que Plano de Pormenor ali aplicável vigora há mais de dez anos pelo que a sua revisão, além de exigível nos termos da Lei, é absolutamente necessária para atualizar e enquadrar o processo de planeamento do desenvolvimento económico, empresarial e urbano, adequando-o aos desafios atuais, no sentido de melhorar a capacidade competitiva desta área empresarial.

Por outro lado, sustenta que a existência de um conjunto de situações de desatualização das normas do Plano, podem condicionar o desenvolvimento de alguns projetos empresariais, quer pela incorreção da base cartográfica e cadastral, quer pela rigidez que fixou na possibilidade de transformação e requalificação de estabelecimentos e edificações existentes.

Com a revisão dos planos em curso, a Câmara quer eliminar qualquer espécie de constrangimentos que impeçam a dinamização e o desenvolvimento empresarial. Relativamente ao Pólo I da ZI de Seia, Filipe Camelo assegura que a proposta de plano de pormenor deverá globalmente definir as condições para que esta área se venha a consolidar como uma Zona de Atividade Empresarial, geradora de emprego, competitiva e que ofereça qualidade urbana às empresas e aos seus utentes, sendo a sua requalificação uma das obras prioritárias que a Câmara apresentará no âmbito do próximo quadro comunitário de apoio.

O Município apela à participação dos empresários e comunica a todos os interessados que os termos referência do plano podem ser consultados no site da Câmara Municipal de Seia (http://www.cm-seia.pt) ou diretamente nos serviços da autarquia, que acolherá todas as sugestões ou informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no âmbito do respetivo procedimento de elaboração.

Os eventuais interessados poderão apresentar as sugestões e informações através de requerimento dirigido ao Presidente da Câmara, diretamente nos serviços da Câmara Municipal ou por correspondência.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *