Cultura, Óbidos

Concerto de cravo com Michio O’Hara em Óbidos

Michio O’Hara, cravoÓbidos recupera a programação de música erudita, intitulada Temporada de Música, e realiza já no próximo dia 20 de setembro o primeiro concerto. Os espetáculos terão lugar uma vez por mês. Assim, o Santuário do Senhor Jesus da Pedra recebe um concerto de cravo por Michio O’Hara. O músico japonês vai interpretar um reportório de música italiana do Renascimento e Barroco para cravo.

O valor da entrada é de 5 euros, estando o concerto marcado para 20 de setembro, às 18 horas. Bilhetes à venda em Bilheteira Online e Posto de Turismo de Óbidos.

Michio O’Hara nasceu em Nagoya, Japão, em 1978. Estudou musicologia na “University of Arts” de Aichi, Japão (1997-2001), obtendo o 1º prémio nesta Universidade pela sua dissertação. De 2001 até 2005, estudou trompa natural com Oliver Kersken e cravo com Wiebke Weidanz e Michaela Hasselt no “College of Music and Theatre (Hochschule für Musik und Theater)” de Leipzig, Alemanha.  Diplomou-se nesta instituição como trompista natural, em 2005. De 2005 até 2008 continuou os seus estudos de cravo e fortepiano com Wiebke Weidanz no “College  of Music and Theatre” de Frankfurt, Alemanha.

O’Hara participou como fortepianista no festival de música antiga “Alte Musik Treff” de Berlim (Alemanha) em 2005. Em 2006 foi convidado para dar uma série de concertos em Schleswig-Holstein (Alemanha). Tocou em vários concertos comemorativos dos 250 anos da morte de Domenico Scarlatti, em Gelnhausen (Alemanha) e Nagoya (Japão), sendo o concerto dado nesta cidade gravado para a televisão japonesa.

Concertos em 2008 como solista em Monte Compatri (Itália), Kwanjiu e Yeosu (Coreia do Sul). Em 2009 tomou parte na final do concurso “Osaka Internacional Music Competition”. Em 2012 foi convidado para dar um concerto em Frascati (Itália) pela “Associazione Musicale Karl Jenkins”. Desde 2009 toca regularmente em Berlim, sendo ainda, atualmente, contratado regularmente pela Orquestra Barroca de Nagoya como diretor musical. Com esta orquestra participou na montagem da ópera “Xerxes” de G.F. Handel em 2013. Em 2013 realizou recitais de música portuguesa para cravo em Berlim (Alemanha), Grottaferrata (Itália) e Aveiro. O’Hara é um membro da “Sociedade Luso-Nipónica de Osaka” desde 2014.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *