Castro Verde, Cultura

Teatro Extremo estreia “Depois de Darwin” em Castro Verde

Foto Ana NaveIntegrado nas comemorações dos seus 20 anos de atividade, o Teatro Extremo apresenta, em parceria com a Câmara Municipal de Castro Verde, “Depois de Darwin”. Um novo espetáculo do ciclo “EmCena a Ciência” e que promove a relação entre a arte e a ciência, numa abordagem à vida e obra de Charles Darwin, a partir de um texto contemporâneo da premiada dramaturga Timberlake Wertenbaker.

Em “Depois de Darwin”, uma companhia de teatro encontra-se a ensaiar um espetáculo onde é retratada a relação entre Charles Darwin e o capitão Robert Fitz-Roy, homem de espírito religioso e colérico, pouco atraído pelas descobertas científicas que Darwin realizou ao longo de cinco anos na viagem de circum-navegação que ambos partilharam e que fundamentaram a sua Teoria da Evolução, servindo de base para o famoso livro Origem das Espécies.

A encenação é da consagrada atriz Ana Nave e a interpretação está a cargo do elenco fixo do Teatro Extremo, Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes e Rui Cerveira. A conceção plástica é de Rui Silvares com participação de Paula Rosa, colaboradora do trabalho digital e multimédia da exposição “A Evolução de Darwin” realizada na Fundação Calouste Gulbenkian em 2009.

“Depois de Darwin” apresenta-se, em estreia, no Cineteatro Municipal de Castro Verde a 19 de Setembro, e está agendado para as 15h00 (público escolar) e para as 21h30 (público em geral). A entrada é livre.

Ana Nave (encenadora da peça) e Fernando Jorge Lopes (diretor artístico do Teatro Extremo) encontram-se disponíveis para entrevistas entre os dias 16 e 19 de Setembro.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *