Sociedade, Vila do Bispo

Sagres refletida no I Congresso Internacional dedicado ao tema “Santuários”

Sagres vai estar presente no 1.º Congresso Internacional dedicado ao tema “Santuários”, a realizar-se no Alandroal, de 12 a 14 de setembro.

 

Ao longo daqueles três dias serão debatidos cerca de 60 temáticas relacionadas com santuários, cultura, arte, romarias, peregrinações, paisagens e pessoas. O painel de oradores conta com vários palestrantes de Portugal e ainda oriundos de países como o Brasil, Espanha e Itália.

 

Ricardo Soares, arqueólogo, e Artur de Jesus, licenciado em história, técnicos da Câmara Municipal de Vila do Bispo farão parte do painel de convidados presentes no congresso. Assim, no segundo dia daquele evento, ambos apresentarão duas comunicações, sequentes e complementares, acerca da sacralização das paisagens de Sagres ao longo da história. “O Promontorium Sacrum: uma intemporal paisagem sagrada” e “O Cabo de São Vicente: histórias, letras e sentimentos” são as comunicações a apresentar por Ricardo Soares e Artur de Jesus, respetivamente.

 

O território do Cabo de Sagres/São Vicente manifesta uma muito remota, intensa e contínua exploração mágico-religiosa, desde os primórdios da sua ocupação humana até aos nossos dias. Será esta realidade que se pretende aflorar por via de um discurso partilhado entre a investigação arqueológica e a leitura histórica, entre os nossos menires e o culto de São Vicente.

 

Os SANTUÁRIOS como espaços de devoção em todos os tempos e em todas as culturas é o objeto de análise deste congresso, onde se desafiam todos aqueles que vivem e estudam os santuários: antropólogos, arqueólogos, arquitetos, artistas plásticos e performativos, biólogos, conservadores/restauradores, crentes,  devotos e peregrinos, curadores, escritores, designers, filósofos, gastrónomos, geólogos, historiadores,  historiadores de arte, médicos, musicólogos, músicos e musicólogos, psicólogos, sacerdotes, sociólogos  e todos aqueles que entendam que o seu trabalho ou a sua devoção tem uma relação com um conceito amplo de santuários.

 

Tratando-se de um Congresso Internacional organizado pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e pela Câmara Municipal do Alandroal a qualidade dos textos será aferida por dois revisores científicos (pelo menos), em sistema de anonimato (double-blind peer review).

 

As comunicações aceites serão palestradas aos congressistas e publicadas nos Cadernos do Endovelico: Santuários e nas Atas Online, sendo ambas as publicações dotadas de ISBN e lançadas internacionalmente em setembro, em simultâneo com o Congresso.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *