Cultura, Marinha Grande

Pablo Pizarro expõe arte contemporânea na Marinha Grande

Travessias_PabloPizarro5O Núcleo de Arte Contemporânea do Museu do Vidro, situado no Edifício da Resinagem, na Marinha Grande, tem patente a exposição “Travessias – Escultura de Pablo Pizarro”, até 14 de Setembro. A entrada é gratuita.

 

“Travessias” está patente desde o dia 17 de maio e apresenta um conjunto de esculturas em vidro, aço e madeira reciclados, que testemunham várias etapas criativas da obra de Pablo Pizarro: Espacios de Luz (2004/2005), Arqueologia Industrial (2006), Sinergias (2010), Inhospito Habitado (2011) e Primitivismo Emocional (2013).

 

Exibe ainda esculturas do seu mais recente projeto artístico “Vidrio y Floresta” (2014) no qual, além do aço e do vidro reciclados, o escultor incorpora e reutiliza materiais lenhosos.

 

“Travessias” é assim um projeto artístico, no qual as obras são a matéria reutilizada em contexto artístico, com o propósito da reflexão sobre o caminho percorrido pelo escultor nos últimos dez anos, e sobre a influência e as transformações que os projetos foram tendo sobre si próprio, e a forma como definiram a sua obra.

 

A exposição é organizada pela Câmara Municipal da Marinha Grande / Museu do Vidro e conta como apoio do Turismo de Portugal.

 

A exposição “Travessias”, de Pablo Pizarro, pode ser visitada gratuitamente até ao dia 14 de setembro, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *