Economia, Marinha Grande, Oliveira de Azeméis, Sociedade

Comitiva de Oliveira de Azeméis acolhida na Marinha Grande

Os presidentes das Câmaras Municipais de Marinha Grande e Oliveira de Azeméis pretendem fortalecer as relações entre os municípios, sobretudo na vertente económica, reforçando a geminação firmada em 7 de outubro de 2002.

 

O compromisso foi assumido por ambos, na última segunda-feira, 7 de julho, durante a visita à Marinha Grande de uma comitiva liderada pelo presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, Hermínio Loureiro, composta por cerca de uma dezena de representantes de entidades daquela região, sobretudo ligadas à área empresarial e de investigação.

 

O grupo foi acolhido pelo presidente da Câmara da Marinha Grande, Álvaro Pereira; pelo Presidente da Assembleia Municipal; por vereadores; pela presidente da Junta da Marinha Grande; por responsáveis por associações empresariais do concelho e responsáveis e por centros tecnológicos e de formação sedeados na Marinha Grande.

 

VisitaMG_ComitivaOliveiraAzemeis_07072014_7A visita inseriu-se no âmbito do projeto “Dá-te a Conhecer”, que decorre da perceção da OPEN – Oportunidades Especificas de Negócio, do Município da Marinha Grande e de um conjunto de agentes económicos locais, da necessidade de conferir maior capacidade de atração e notoriedade à Marinha Grande, numa perspetiva de consolidação da sua competitividade territorial e da sua visibilidade externa.

 

No Salão Nobre dos Paços do Concelho, o presidente da Câmara da Marinha Grande, Álvaro Pereira, deu as boas-vindas e lembrou estarem na “Marinha Grande – Centro da Engenharia e Design que, herdando o legado histórico incontornável da indústria vidreira, viu florescer outros setores que, hoje, se destacam pela sua complexidade, competitividade, excelência e vanguarda tecnológica”.

 

Álvaro Pereira lembrou que “a história da Marinha Grande e de Oliveira de Azeméis apresenta uma trajetória comum, que se evidencia nas semelhanças ligadas ao desenvolvimento das indústrias de vidro, moldes e plásticos”.

 

Assumiu ser “imperioso o desenvolvimento de ações conjuntas que dignifiquem os dois municípios e que permitam a aproximação das populações e o aprofundar das boas relações de amizade e compreensão já existentes”.

 

Mostrando-se agradado pela sua deslocação à Marinha Grande, Hermínio Loureiro declarou que pretende que o município de Oliveira de Azeméis cresça de forma “inteligente, sustentável e inclusiva”, sendo economicamente marcado pela “presença de inovação e de mão-de-obra qualificada”.

 

Salientando que “os autarcas são agentes ativos na dinâmica industrial”, desejou aprofundar esta relação a nível institucional entre os dois territórios”.

 

A deslocação da comitiva de Oliveira de Azeméis prosseguiu com visitas à incubadora de empresas OPEN, onde decorreu uma reunião sobre o projeto “Dá-te a Conhecer”; à empresa Vidrexport, situada na Zona Industrial da Marinha Grande; ao CDRS`P – Centro de Desenvolvimento Rápido e Sustentado de Produto/IPLeiria; ao Museu do Vidro, Núcleo de Arte Contemporânea e Coleção Visitável do Futuro Museu da Indústria de Moldes.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *