Estarreja, Sociedade

Novas Festas conquistaram o público em Estarreja

_StAnt2014Bma_9451sssDescentralizadas para um espaço mais amplo e flexível, as Festas de Santo António, da Cidade e do Município de Estarreja atraíram milhares de pessoas ao Parque Municipal do Antuã, onde se concentraram os festejos no último fim-de-semana. Milhares de pessoas assistiram às Marchas Populares e aos concertos de Ala dos Namorados e Os Azeitonas e aprovaram as qualificadas Tasquinhas. “Uma aposta ganha da Câmara Municipal de Estarreja”, afirmou ontem o Vereador da Cultura João Alegria ao fazer um “balanço extremamente positivo” desta edição.

 

A Câmara Municipal de Estarreja quis dar um passo em frente na modernização das Festas de Santo António, mantendo os seus aspetos mais tradicionais e apostando num formato diferente, dando-lhe dois palcos distintos: a histórica Praça Francisco Barbosa e o extenso Parque Municipal do Antuã. A autarquia passou no teste logo no primeiro dia, nomeadamente na véspera do feriado, quinta-feira à noite, em que as Marchas Populares estreavam um novo percurso, desde a Avenida 25 de Abril à Alameda do Parque da Cidade. Os moradores e comércio local ajudaram a engalanar a festa ao decorar o percurso, dando um “colorido muito simpático à Avenida 25 de Abril”, num gesto muito apreciado por João Alegria. “Foi uma atitude muito simpática e consciente de que temos que estar todos envolvidos, as festas são de toda a gente”.

 

Uma multidão foi-se espalhando pelo corso para ver os oito grupos participantes e os mais de 700 figurantes. A Associação Cultural e Recreativa Saavedra Guedes com o tema “As Salineiras” venceu a edição deste ano das Marchas Populares, seguida pela Escola de Samba Vai Quem Quer com os “Cravos de Abril”, ficando em terceiro lugar a Sociedade Recreativa e Musical Bingre Canelense que desfilou com a antiga tradição dos “Maios à porta”. A festa entrou pela noite dentro ao som dos MJ, num baile popular que também manteve muita gente no Parque, e nas Tasquinhas dinamizadas por 10 coletividades.

 

Num modelo renovado, em que o objetivo principal foi garantir condições de trabalho para as coletividades, assim como melhor receber quem nos visita, as 10 Tasquinhas tiveram trabalho redobrado ao longo de 4 dias, congregando os visitantes à volta da mesa, dos petiscos regionais e de muita animação e convívio.

 

Ala dos Namorados e Os Azeitonas juntaram-se à festa, enchendo o Parque Municipal do Antuã nas duas principais noites das Festas. João Alegria, que foi ouvindo as pessoas durante estes dias, realçava “que nunca viram tanta gente num concerto em Estarreja”.

 

“Foi grande a satisfação de ouvir, ao longo dos dias e noites, um grande número de pessoas a felicitar-nos pelas mudanças introduzidas que proporcionaram aos estarrejenses e aos muitos que nos visitaram condições únicas e bastantes agradáveis de convívio e bem-estar. Notou-se um aumento substancial de público nas diversas atividades, desde o domingo do mercado antigo (que nem a chuva afastou), à própria sessão do Dia do Município, e, sobretudo, em todo o período em que se desenrolaram no Parque Municipal do Antuã. Os diversos espaços bem estruturados, as condições em que se realizaram as tasquinhas, a qualidade do programa, a organização com a presença permanente de muitos colaboradores da Câmara Municipal para responder prontamente às necessidades e exigências que um evento desta dimensão pressupõe, foram mais-valias para essa procura e atratividade de públicos”,  comenta João Alegria, sem prejuízo de uma avaliação mais aprofundada e também ciente de que há melhorias a introduzir.

 

“Com o espaço muito bem organizado, o Parque Municipal está vocacionado para este tipo de eventos”  e a satisfação do autarca é total. “Valeu a aposta pela amplitude do parque” e pelas suas características específicas na vertente do lazer, com parque infantil para as crianças, sem condicionamentos de trânsito, permitindo às famílias usufruir descontraidamente das festas.

 

Ontem, os sons tradicionais dos Galandum Galundaina contagiaram o público, terminando da melhor maneira a edição de 2014 das Festas de Santo António, da Cidade e do Município. O Santo António já se acabou, com expectativas redobradas para 2015.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *