Educação, Sardoal, Sociedade

“Quem se Importa”no Centro Cultural Gil VicenteSardoal

Quem_se_Importa O Centro Cultural Gil Vicente exibe no próximo dia 4 de junho, quarta-feira, a partir das 14h30m, o documentário “Quem se Importa”, numa sessão destinada aos alunos do 9.º ao 12.º ano de escolaridade do Concelho de Sardoal.

 

O documentário será seguido de um debate, subordinado ao tema “Importas-te? Todos podemos contribuir para Mudar o Mundo!”, moderado pela professora Maria João Almeida, do Agrupamento de Escolas de Sardoal, e contará com a presença dos empreendedores sociais Frederico Lucas, dos Novos Povoadores, e Pedro Teiga, do Projeto Rios.

 

O documentário “Quem se Importa”, realizado por Mara Mourão e narrado por Rodrigo Santoro, mostra o trabalho de 18 empreendedores sociais cujas ideias visionárias já transformaram milhões de vidas. Entre estes empreendedores encontram-se alguns nomes conhecidos internacionalmente, como Muhammed Yunus, Nobel da Paz 2006, ou Bill Drayton, da Ashoka, que têm sido capazes não só de mudar a sociedade à sua volta, mas também de causar impacto social para que essas ideias se possam transformar em políticas públicas pelo mundo fora.

 

Esta longa-metragem de 92 minutos foi filmada em 7 países diferentes: Brasil, Perú, EUA, Canadá, Tanzânia, Suíça e Alemanha. Mais do que um filme, “Quem se Importa” está a transformar-se num verdadeiro movimento social. Recomendado pela UNESCO, o filme ganhou recentemente o prémio de melhor documentário no DocMiami International Film Festival. Foi, ainda, selecionado oficialmente para outros festivais internacionais de cinema.

Esta é uma iniciativa do Município de Sardoal e do Agrupamento de Escolas deste concelho, em parceria com a Fundação EDP, que, no âmbito do seu projecto “Importas-te?” cedeu o filme.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *