Cultura, Portimão

Amália pelo piano de Júlio Resende fecha maio no Teatro Municipal de Portimão

31 de maio - Júlio Resende  - D.R.A programação de maio no Teatro Municipal de Portimão (TEMPO) encerra com a música da Orquestra Clássica da Academia de Música de Lagos, ao lado do Coro Cant’Arte, e com o piano de Júlio Resende, numa homenagem ao fado de Amália Rodrigues.

 

 

 

No dia 23 de maio, e para celebrar o seu 28º aniversário, a Academia de Música de Lagos apresentará a estreia mundial de “Gilda das Amendoeiras”, uma obra encomendada ao compositor algarvio Nuno Sequeira Rodrigues, contando com a participação de solistas da Orquestra Clássica da Academia e do Coro Cant’Arte, sob direção musical de João Pedro Cunha, num espetáculo marcado para o Grande Auditório, a partir das 21h30, cujas entradas custam 10 euros.

 

 

 

Na mesma sala, terá lugar às 21h30 de 31 de maio o concerto de um dos grandes pianistas portugueses da atualidade, Júlio Resende, que pegou no repertório de Amália e fez um disco intenso, onde tentou transpor toda a carga emocional do fado para o piano, revisitando os temas mais marcantes interpretados pela grande diva da música portuguesa.

 

 

 

Tendo começado o seu percurso no jazz, nos últimos anos o pianista foi-se aproximando do fado, transformando-o em seu objeto de estudo e acompanhando Vânia Conde, Hélder Moutinho ou Aldina Duarte, entre outros intérpretes.

 

 

 

Os bilhetes para este concerto imperdível também custam 10 euros e podem ser adquiridos na bilheteira do TEMPO, aberta de terça a sábado, das 13h30 às 18h30, e em dias de espetáculo das 13h30 às 21h30.

 

 

 

Para mais informações ou reservas: 282 402 475 / 961 579 917, ou através do sítio na Internet: www.teatromunicipaldeportimao.pt.

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *