Lamego, Sociedade

Lamego assinala Revolução dos Cravos em França

Revolucao_Cravos_Bouchemaine2014 (1)A municipalidade francesa de Bouchemaine, situada no Vale do Loire, celebrou este ano, pela primeira vez, a Revolução dos Cravos. Um grupo de 18 lamecenses esteve, a 25 de abril último, nesta localidade com o objetivo de reforçar os laços de amizade e camaradagem que, desde 2012, unem os municípios de Lamego e Bouchemaine através de um acordo de geminação que promove a relação entre os seus habitantes para que enriqueçam mutuamente a sua cultura e desenvolver projetos conjuntos que permitam compartilhar a sua vida social.

A distância física superior a 1300 quilómetros que separa as duas localidades estreitou-se. A comitiva lusa ofereceu cravos com o propósito de evocar os valores da liberdade, democracia e igualdade, enquanto que na biblioteca local foi apresentado o filme “Capitães de Abril”, de Maria de Medeiros. A vertente cultural da visita também foi enriquecida com uma exposição de fotografia dedicada aos primeiros tempos de democracia em Lamego e a realização de uma palestra, proferida por um professor lusodescendente, sobre esta efeméride. Apoiada pela Câmara Municipal de Lamego e pela Quinta do Tedo, durante esta iniciativa o grupo oriundo do nosso país foi recebido pela nova presidente da comuna de Bouchemaine, Véronique Maillet.

Nascida junto à confluência dos rios Maine e Loire, Bouchemaine está situada no noroeste de França, próxima do centro histórico de Angers, e é conhecida por oferecer a quem a visita amplos espaços naturais e o charme de uma paisagem rural arborizada. Após 2003, este município foi incluído na área do Vale do Loire classificado como património mundial da UNESCO como paisagem cultural, viva e evolutiva, marcada pela cultura da vinha e do vinho e por um extraordinário património arquitetónico.

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *